Marcon Logística Portuária

Terminal de Líquidos da CBL é eleito segundo melhor do Brasil em nível de segurança e padrão operacional

O terminal de líquidos da Companhia Brasileira de Logística (CBL) – empreendimento do Grupo InterAlli, com operação no Porto de Paranaguá – acaba de conquistar o segundo lugar na premiação Melhores do Ano – Safra 2020/2021, promovida pela Raízen.

O prêmio avaliou nível de segurança e padrão operacional em mais de 20 terminais portuários operados pela Raízen em todo o Brasil. Também foram analisados critérios relacionados à saúde, segurança, meio ambiente, auditorias, qualidade, processos, produtividade e controles operacionais.

Para o diretor do Grupo Interalli, Fabrício Slaviero Fumagalli, o resultado da premiação demonstra o comprometimento e a eficiência de todos os envolvidos na operação de um dos terminais mais modernos nesta área.

“A CBL tem apenas três anos de atividades. No entanto, desde o início, priorizamos eficiência, produtividade e o bem-estar coletivo, prestando serviços de qualidade, com responsabilidade”, afirma Fumagalli.

Primeira do Sul – A CBL foi a empresa que obteve a melhor colocação na região Sul e, em todo o país entre as empresas avaliadas, ficou apenas atrás da Stolthaven – empresa multinacional com operação em Santos – o maior porto do Brasil.

O gerente geral do terminal da CBL em Paranaguá, Carlos Camillo Junior, reforça que o compromisso do terminal é buscar resultados operacionais de excelência com base nos principais valores firmados pela alta gestão: segurança em primeiro lugar, conduta ética, qualidade nas operações e preservação do meio ambiente.

“Em 3 anos de operação, estar em segundo lugar entre os terminais operados pela Raízen é uma grande conquista e satisfação, já que a empresa exige altos padrões de qualidade e, principalmente segurança operacional. Isso nos desafia e estimula a sermos cada vez melhores em nosso segmento”, comentou Camillo.

Tecnologia – O terminal de líquidos da CBL é considerado um dos mais automatizados do Brasil. Toda a operação do empreendimento para recebimento e expedição de derivados de petróleo, biocombustíveis e produtos químicos, é feita por computadores e equipamentos que permitem a programação da carga desde a origem até o destino.

A CBL utiliza o píer público de inflamáveis do Porto de Paranaguá, em dois berços de atracação para o recebimento de óleo diesel, biodiesel, etanol, metanol, gasolina, nafta, entre outros produtos. O calado do berço permite a atracação de navios de até 48 mil metros cúbicos, com 210 metros de comprimento no berço externo e 190 metros de comprimento no berço interno.

 

Fonte: Floha do Litoral / Grupo Interalli

}

07.27.2021

Em Destaque

Relacionados

Portos do Paraná e de Santos assinam carta de intenções

Os dois maiores portos do Brasil assinaram, nesta quinta-feira (11), uma carta de intenções com o objetivo de desenvolver acordos de cooperação técnica mútua. O diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia, o presidente da Autoridade Portuária de...

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

abr 19 2024

Brasil pode chegar a US$ 1 tri de comércio exterior em 10 anos

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, disse nesta sexta-feira (12), que é possível o Brasil chegar a US$ 1 trilhão de fluxo de...
abr 18 2024

Empresas no Paraná garantem R$ 468 milhões do BNDES para exportação

Empresas no Paraná realizaram quatro operações com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para financiamento de exportações...
abr 17 2024

Portos do Paraná e de Santos assinam carta de intenções

Os dois maiores portos do Brasil assinaram, nesta quinta-feira (11), uma carta de intenções com o objetivo de desenvolver acordos de cooperação...
abr 16 2024

OMC prevê que comércio global vai se recuperar de forma lenta, porém constante

O comércio global de mercadorias deve se recuperar neste ano, porém de forma mais lenta do que o esperado anteriormente, depois de apenas seu...
abr 15 2024

Com US$ 5,4 bilhões no 1º trimestre, Paraná segue como maior exportador do Sul

As exportações do Paraná somaram US$ 5,42 bilhões no 1º trimestre do ano, um acréscimo de 4,7% em relação ao mesmo período do ano passado (US$ 5,2...
abr 12 2024

Chanceler argentina vê progresso em acordo Mercosul-UE, apesar de “mal-entendidos”

A ministra das Relações Exteriores, Comércio Internacional e Culto da Argentina, Diana Mondino, afirmou na sexta-feira que as negociações sobre o...
abr 11 2024

Ministério revisa para baixo projeção de superávit comercial

A queda no preço de mercadorias, principalmente dos bens agropecuários, fez o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC)...
abr 10 2024

Exportação por empresas em 2023 teve forte concentração nos estados do Sul-Sudeste

As regiões Norte e Centro Oeste foram as que tiveram o maior aumento percentual de novas empresas brasileiras exportadoras em 2023, segundo estudo...
abr 09 2024

Balança comercial tem superávit de US$ 7,482 bilhões em março

A queda de preços da soja e do petróleo e o feriado de Semana Santa fizeram o superávit da balança comercial cair em março. No mês passado, o país...
abr 08 2024

Porto de Paranaguá recebe maior navio da história do Paraná em capacidade

O navio porta-contêineres MSC C. Montaine, que atracou neste domingo (31) no Porto de Paranaguá, conquistou o título de maior embarcação em...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes