Paranaguá não tem casos suspeitos ou confirmados de coronavírus, contudo, como ação preventiva, várias medidas estão sendo tomadas. No âmbito da Secretaria Municipal de Saúde, o Município traçou estratégias de atendimento. “A pessoa que apresentar sintomas deve se dirigir a unidade básica de saúde mais próxima de sua residência. Lá, o médico avaliará o quadro e, se necessário, encaminhará o paciente para a unidade básica da Serraria do Rocha, local escolhido como referência para casos suspeitos”, informa a secretária municipal de Saúde, Lígia Regina de Campos Cordeiro.

Em casos de suspeita, veículos próprios do município conduzirão o paciente para a unidade da Serraria do Rocha. “As ações que está sendo tomada hoje, podem sofrer alterações caso ocorra necessidade”, informa.

Por tempo determinado, a unidade de saúde da Serraria do Rocha não contará com vacinas ou outras consultas ficando voltada a atendimentos suspeitos de coronavírus. Os pacientes dessa unidade serão remanejados paras as unidades localizadas no Jardim Araçá e Vila Guarani.

IDOSOS
A Secretaria Municipal de Saúde orienta que pessoas idosas evitem frequentar as unidades de saúde. “Os pacientes idosos que utilizam medicamentos controlados e pessoas imunodeprimidas receberão a visita dos agentes de saúde em suas residências, descartando assim, a necessidade de irem até as unidades de saúde. Essas pessoas também podem entrar em contato por telefone com suas unidades de saúde para sanar dúvidas quanto a entrega de medicamentos, entre outras questões”, esclarece Lígia Regina de Campos Cordeiro.

Há um protocolo do Ministério da Saúde que deve ser seguido por todos os profissionais da área. “Várias reuniões têm ocorrido com a Secretaria de Estado da Saúde, temos dialogado também com o Hospital Regional do Litoral e trabalharemos em sintonia realizando um serviço em rede para dar a resposta mais satisfatória para a população”, ressalta.

UPA
“A UPA atende situações de urgência e emergência e precisamos evitar um número alto de pessoas em um mesmo ambiente. Por isso, reforçamos que pacientes com sintomas de coronavírus procurem a unidade básica de saúde mais próxima de sua casa”, orienta.

SINTOMAS
Os sinais e sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado. Podem, também, causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias. Os principais são sintomas conhecidos até o momento são: febre, tosse e dificuldade para respirar.

TRANSMISSÃO
A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como: gotículas de saliva; espirro; tosse; catarro; contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão; contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos. O coronavírus apresenta uma transmissão menos intensa que o vírus da gripe.

Fonte: Prefeitura de Paranaguá