Marcon Logística Portuária

Mapa coordena participação do Brasil em 15 feiras internacionais de alimentos e bebidas em 2023

O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) coordenou, em 2023, a participação do Brasil em 15 feiras internacionais de alimentos e bebidas. O objetivo do ministério é organizar, em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE), o apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), Embaixadas e Consulados, missões comerciais para promover o desenvolvimento do agronegócio nacional, a partir da identificação das melhores oportunidades de promoção dos produtos brasileiros.

De acordo com a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Mapa, a promoção comercial de empresas brasileiras alimentícias e do segmento, movimentou US$ 13,8 milhões em negócios realizados durante as feiras. A expectativa de geração de negócios futuros para os próximos 12 meses, decorrentes dos contatos realizados durante os eventos, é estimada em US$ 473 milhões.

Para o coordenador-geral de Promoção Comercial, Dalci de Jesus Bagolin, a presença do Ministério em feiras internacionais pretende, além de alavancar as exportações, também projetar a imagem do Brasil como um importante ator na segurança alimentar e na produção sustentável de alimentos.

“O Mapa tem entre suas atribuições, a de promover a inserção de empresas brasileiras do ramo de alimentos no mercado internacional, fomentar as exportações do agronegócio nacional e seus resultados positivos para a economia do país, como o aumento da geração de emprego e renda, além de reforçar a imagem do país no exterior”, ressaltou.

Neste ano, o Mapa também organizou a montagem de 151 estandes individuais nos Pavilhões do Brasil nos seguintes países: na Alemanha, Índia, Singapura, Marrocos, Canadá, Tailândia, Coréia do Sul, Irã, Istambul, Rússia, Peru e Estados Unidos. Além disso, teve a participação do Ministério com estande institucional na Colômbia e na Índia.

As empresas selecionadas exibiram seus produtos como grãos (soja, arroz, milho), cafés, mel e derivados, carnes (bovina, suína e de frangos), produtos orgânicos, bebidas em geral, extratos vegetais e óleos, produtos lácteos e de panificação, entre outros, incluindo produtos da biodiversidade brasileira, em especial da Amazônia, como açaí e castanhas.

Como resultado desse trabalho, o Pavilhão Brasil foi eleito o melhor pavilhão internacional na Expoalimentaria, realizada em setembro, no Peru. E ainda, conquistou o 2º lugar como melhor pavilhão internacional na Internacional Food & Hospitality Fair 2023 (AAHAR), que ocorreu em março, na Índia.

Cabe ressaltar também a parceira com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) nas feiras Biofach Alemanha, Natural Expo East e Expoalimentaria.

Desta forma, a presença do Mapa em eventos no exterior amplia a visibilidade dos produtos brasileiros, servindo também como uma plataforma para a divulgação da sustentabilidade da agropecuária brasileira. Para os produtores brasileiros, as feiras são oportunidades de promover networking, possibilidades de negócios com o consequente aumento do fluxo de comércio entre os países.

 

Fonte: Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) 

}

01.01.2024

Em Destaque

Relacionados

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

maio 21 2024

Sem impacto do RS, Conab reduz projeção para safra de grãos 2023/24

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) reduziu novamente a estimativa para a produção brasileira total de grãos na safra de 2023/2024, que...
maio 20 2024

Balança comercial brasileira registra superávit de US$ 3,2 bi nas primeiras semanas de maio

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 3,205 bilhões nas duas primeiras semanas de maio, período com sete dias úteis. O valor...
maio 17 2024

Lula quer desdolarização proposta pela China, mas comércio exterior do Brasil é dominado pelo dólar

O governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está engajado nas tratativas do Brics (bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul)...
maio 16 2024

Governo Federal publica medida que autoriza importação de arroz

Para o enfrentamento das consequências sociais e econômicas decorrentes das enchentes no estado do Rio Grande do Sul, o Governo Federal publicou...
maio 15 2024

Com US$ 7,47 bilhões, Paraná bate recorde de exportações para um 1º quadrimestre

As exportações do Paraná no primeiro quadrimestre de 2024 bateram recorde para o período, somando US$ 7,47 bilhões. Melhor resultado da série...
maio 14 2024

Balança comercial tem superávit de US$ 9,041 bilhões em abril

Apesar da queda de preços da soja, do ferro e do petróleo, o superávit da balança comercial subiu em abril. No mês passado, o país exportou US$...
maio 13 2024

ANTAQ visita os portos de Paranaguá e Antonina

A Portos do Paraná recebeu a visita da comitiva da Agência Nacional de Transporte Aquaviários (ANTAQ), nesta terça-feira (07). Os diretores, Alber...
maio 10 2024

Brasil foi 2º principal destino de investimento estrangeiro em 2023, diz OCDE

Relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) recém-divulgado revela que o Brasil foi o segundo principal destino de...
maio 09 2024

Política Nacional da Cultura Exportadora ganha adesão do Memp

O Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte (Memp) aderiu nesta sexta-feira (3/5) à Política Nacional da Cultura...
maio 08 2024

A cada quatro dias, um novo mercado foi aberto para o agro neste ano

Os primeiros quatro meses de 2024 são os mais produtivos da história para o agronegócio brasileiro em termos de abertura de mercados internacionais....

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes