Marcon Logística Portuária

Internacionalização: CNI apresenta quatro princípios básicos para empresas que querem exportar

A internacionalização não é uma tarefa fácil, mas os empresários podem ter sucesso se buscarem boas orientações. Ajudar a construir a estratégia e consolidar a atuação de empresas brasileiras no exterior é o maior objetivo da Rede Brasileira de Centros Internacionais de Negócios (Rede CIN), da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Além disso, de acordo com o Perfil das Empresas Exportadoras Brasileiras de 2018, médias, micro e pequenas empresas são responsáveis por 77% das exportações. Ou seja, não se trata de porte, mas de preparação, planejamento e profissionalismo.

Por isso, neste Dia do Exportador – comemorado em 28 de janeiro –, a Agência CNI de Notícias trouxe 4 dicas fundamentais para quem deseja internacionalizar a empresa. Confira!

1. Se informe

Estudos, pesquisas e uma assessoria adequada ajudam a definir os mercados para cada produto. Cada país tem regras específicas para exportação e é preciso conhecê-las antes de iniciar a operação. A apuração de informações estratégicas sobre potenciais parceiros ou concorrentes também é necessária. Feiras e missões internacionais ajudam muito nesta etapa.

2. Defina as condições de venda e a logística

Essa etapa é importante para estabelecer o preço do produto. A sua empresa precisa escolher o meio de transporte para despachar a venda, analisar o tempo de entrega, as condições de pagamento internacional, a quantidade mínima de venda, bem como o seguro e os impostos cobrados no destino. Com isso em mente, você pode definir variações de preços a depender das condições.

3. Exercite sua habilidade de negociação

É importante pesquisar potenciais clientes e participar de encontros de negócios no Brasil e no exterior. Nem sempre as melhores condições para você atendem aos interesses do importador, por isso é importante ajustar as propostas a cada situação. A negociação certamente será mais bem sucedida se você tiver mais informações sobre o mercado onde quer atuar, como hábitos de consumo, preço final, canais de distribuição.

4. Seja claro e aproveite os acordos comerciais

É fundamental formalizar o contrato com todas as condições acordadas – volume, prazo, descrição do produto, responsabilidades mútuas – para diminuir riscos. A CNI, por meio de todas as federações de indústria oferece o Certificado de Origem Digital (COD), um documento que garante benefícios tarifários aos produtos nos países com os quais o Brasil tem acordo comercial e pode funcionar como um diferencial de mercado nos demais.

 

Fonte: Comex do Brasil / CNI

}

02.10.2021

Em Destaque

Relacionados

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

maio 17 2024

Lula quer desdolarização proposta pela China, mas comércio exterior do Brasil é dominado pelo dólar

O governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está engajado nas tratativas do Brics (bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul)...
maio 16 2024

Governo Federal publica medida que autoriza importação de arroz

Para o enfrentamento das consequências sociais e econômicas decorrentes das enchentes no estado do Rio Grande do Sul, o Governo Federal publicou...
maio 15 2024

Com US$ 7,47 bilhões, Paraná bate recorde de exportações para um 1º quadrimestre

As exportações do Paraná no primeiro quadrimestre de 2024 bateram recorde para o período, somando US$ 7,47 bilhões. Melhor resultado da série...
maio 14 2024

Balança comercial tem superávit de US$ 9,041 bilhões em abril

Apesar da queda de preços da soja, do ferro e do petróleo, o superávit da balança comercial subiu em abril. No mês passado, o país exportou US$...
maio 13 2024

ANTAQ visita os portos de Paranaguá e Antonina

A Portos do Paraná recebeu a visita da comitiva da Agência Nacional de Transporte Aquaviários (ANTAQ), nesta terça-feira (07). Os diretores, Alber...
maio 10 2024

Brasil foi 2º principal destino de investimento estrangeiro em 2023, diz OCDE

Relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) recém-divulgado revela que o Brasil foi o segundo principal destino de...
maio 09 2024

Política Nacional da Cultura Exportadora ganha adesão do Memp

O Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte (Memp) aderiu nesta sexta-feira (3/5) à Política Nacional da Cultura...
maio 08 2024

A cada quatro dias, um novo mercado foi aberto para o agro neste ano

Os primeiros quatro meses de 2024 são os mais produtivos da história para o agronegócio brasileiro em termos de abertura de mercados internacionais....
maio 07 2024

Navio muda de nome e de tripulação após atracar no Porto de Paranaguá

O navio porta-contêineres Paris II, mudará de nome e tripulação após atracar no Porto de Paranaguá nesta terça-feira (30). A mudança acontece após a...
maio 06 2024

“Impulso das Exportações” destaca a força do comércio exterior no primeiro trimestre

Segunda edição da nova publicação da ApexBrasil destaca exportações e saldo recorde no primeiro trimestre do ano e as oportunidades para produtos...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes