Marcon Logística Portuária

AEB considera fundamental acordo Mercosul-UE para enfrentar a China no comércio internacional

A concretização do acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia (UE) é de pleno interesse de ambos os lados e o acordo é uma boa oportunidade para os dois blocos se  fortalecerem porque, indiretamente, ao se fortalecerem para se oporem à China, ambos estarão se fortalecendo.

A afirmação foi feita pelo presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), José Augusto de Castro, ao falar sobre o futuro do acordo assinado pelo Mercosul com a União Europeia  e que ainda terá que ser aprovado pelo Parlamento Europeu, pelos parlamentos dos estados-membros da União Europeia e também pelo parlamento brasileiro.

Segundo José Augusto de Castro, “esse é um acordo sobre o qual não se fala muito hoje, principalmente devido às preocupações mundiais com o combate à pandemia do novo coronavírus, mas o acordo é de grande importância para ambos os blocos. As negociações estão paralisadas  mas passada a crise sanitária elas estarão de volta com os mesmos objetivos dos dois lados, tanto do Mercosul quanto da União Europeia. Com o acordo, os dois blocos estarão em melhores condições para enfrentar a China”.

Ao mesmo tempo em que destaca a importância do acordo para que o Mercosul e a União Europeia possam estar em melhores condições para enfrentar a concorrência de uma China com sua economia começando a voltar à normalidade, enquanto os demais países lutam contra a pandemia e vêm suas economias duramente afetadas pelo novo coronavírus, o presidente da AEB lembra que para colher benefícios do acordo com a União Europeia o Brasil terá que fazer seu “dever de casa” no período mínimo de dois anos em que o tratado será analisado pelo Congresso Nacional.

“Será preciso reduzir custos da produção nacional, com aprovação das reformas e investimentos na infraestrutura. Sem essas mudanças internas, o acordo sozinho não fará nada. É importante abrir mercados, mas hoje o custo Brasil estimado em 30% é uma barreira que temos internamente e que pode impedir nossos produtos de competir na Europa”, alerta José Augusto.

Fonte: Comex do Brasil

}

05.06.2020

Em Destaque

Relacionados

Agronegócio exporta US$ 15,20 bi em junho e US$ 82,39 bi no semestre

As vendas externas brasileiras de produtos do agronegócio foram de US$ 15, 20 bilhões em junho de 2024 , um aumento do valor das exportações comparado ao mês de maio/2024 , que atingiu 15,02 bilhões. As exportações brasileiras de grãos subiram de 14,96 milhões de...

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

jul 23 2024

Operações de Sucesso: Marcon Logística Portuária em Destaque

No último final de semana, a Marcon Logística Portuária mostrou mais uma vez sua eficiência e capacidade ao conduzir operações em dois navios RORO...
jul 23 2024

Agronegócio exporta US$ 15,20 bi em junho e US$ 82,39 bi no semestre

As vendas externas brasileiras de produtos do agronegócio foram de US$ 15, 20 bilhões em junho de 2024 , um aumento do valor das exportações...
jul 22 2024

Portos do Paraná registram recorde histórico de movimentação mensal

Os portos paranaenses alcançaram uma nova marca histórica de movimentação. Ao todo, 6.582.670 de toneladas foram movimentadas em junho deste ano,...
jul 19 2024

Abertura do mercado cubano para exportação de quatro produtos do agronegócio brasileiro

O governo brasileiro recebeu com satisfação o anúncio, pelo governo de Cuba, da autorização para que o Brasil exporte os seguintes produtos para...
jul 18 2024

Camex mantém elevação de tarifas de importação de resíduos sólidos

Em 18% desde julho do ano passado, as tarifas de importação para resíduos de papel, plástico e vidro permanecerão nesse nível por mais um ano,...
jul 17 2024

Carteira de exportação do BNDES aprova volume 135% maior de créditos em 2024

O valor das aprovações de crédito para a linha BNDES EXIM Pré-Embarque, que financia as exportações de empresas nacionais, cresceu 135% no primeiro...
jul 16 2024

Exportações do Paraná para Ásia, África e Oriente Médio batem recorde no 1º semestre

O Paraná obteve no 1º semestre de 2024 o seu melhor desempenho nas vendas para os mercados do Oriente Médio, África e Sudeste Asiático , com maior...
jul 15 2024

Mercosul e Emirados Árabes Unidos iniciam negociações de um acordo de livre comércio

Representantes dos países membros do Mercosul e dos Emirados Árabes Unidos se reuniram em Assunção, entre os dias 2 e 4 de julho, e formalizaram  o...
jul 12 2024

Receita Federal aprimora Programa OEA-Integrado para facilitar operações internacionais

A Receita Federal do Brasil (RFB) publicou a Portaria RFB nº 435, de 2 de julho de 2024, que estabelece novas regras para a participação de órgãos e...
jul 11 2024

Brasil e Palestina firmam acordo de livre comércio no âmbito do Mercosul

Em 3 de julho de 2024, o Brasil depositou sua carta de ratificação ao Acordo de Livre Comércio entre o Mercosul e o Estado da Palestina. A carta foi...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes