Marcon Logística Portuária

Portos do Paraná participa de missão internacional na busca pela descarbonização dos portos

A empresa pública é signatária do Green Ports Partnership, que busca compartilhar conhecimento sobre sustentabilidade, redução de carbono e investimentos em energia limpa

O diretor de Meio Ambiente, João Paulo Santana, e o secretário-geral da presidência, Felipe Gama, representaram a Portos do Paraná durante eventos do Green Ports Partnership (Parceria para Portos Verdes), na Holanda. A empresa pública é signatária do programa, para o qual assinou um termo de cooperação com o Porto de Roterdã em maio deste ano.

Com duração de três anos, a intenção do projeto é compartilhar iniciativas e conhecimento para tornar os portos paranaenses mais sustentáveis. O objetivo é reduzir o uso de carbono e investir em novos sistemas energéticos, como o hidrogênio verde e a energia eólica.

“A autoridade portuária holandesa é uma das maiores lideranças globais no tema e reconheceu os portos paranaenses como um dos precursores brasileiros, em decorrência do trabalho realizado nos últimos cinco anos. Agora buscamos promover maior cooperação econômica e inovação entre o Brasil e a Holanda, conhecida por seus grupos marítimos e de energia de alta qualidade”, enfatizou o diretor.

A Portos do Paraná visitou a feira Europort, exposição da indústria marítima internacional com cerca de 1.000 empresas expositoras, que é referência na agenda marítima mundial.  A missão de negócios foi organizada pela Netherlands Enterprise Agency (Agência Empresarial dos Países Baixos), Embaixada dos Países Baixos no Brasil e Rotterdam Partners (Parceiros de Roterdã), com apoio do Netherlands Business Support Office Porto Alegre (que integra a Rede Diplomática Holandesa no Brasil). No período da tarde, os visitantes participaram do Brasil Network Day, realizado pela embaixada brasileira no mesmo espaço onde ocorreu a feira, em Roterdã.

Na mesma semana, houve um encontro entre o grupo e o vice-prefeito de Roterdã, Robert Simons, no Porto de Roterdã. “Estamos atentos às oportunidades de estreitar as relações de cooperação entre os entes signatários da parceria, sempre almejando um futuro sustentável. Além disso, nosso compromisso com a sustentabilidade não é apenas uma responsabilidade, mas uma oportunidade de troca de conhecimento com diversas lideranças mundiais”, destacou Felipe Gama.

Já na cidade de Haia, a equipe da Portos do Paraná participou de palestras e workshops realizados pelo governo holandês. “O momento foi de troca de conhecimento e experiências para a construção do porto do futuro, por meio de novos técnicas e soluções, geração de emprego e renda para a comunidade, com o menor impacto possível ao clima e ao meio ambiente”, destacou o secretário.

O acordo prevê o intercâmbio de conhecimento com o propósito de mitigar riscos e criar um impacto positivo, em particular, nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). As metas mundiais foram estipuladas pela Organização das Nações Unidas (ONU) para serem cumpridas até 2030. “Os portos do Paraná são signatários e trabalham constantemente para minimizar os efeitos da atividade portuária no entorno. A cooperação com os integrantes do Green Ports Partnership destaca nosso compromisso conjunto com o fortalecimento dos laços econômicos e o crescimento sustentável”, afirmou Santana.

A delegação brasileira contou com a participação de representantes do Programa de Parcerias de Investimentos da Casa Civil e da Presidência da República (PPI), Infra S.A., Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Governo do Estado do Ceará, PORTOS RS – Autoridade Portuária dos Portos do Rio Grande do Sul, Portos do Paraná e a Companhia de Desenvolvimento do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP S/A). Em 2024, estão previstos mais quatro encontros com o objetivo principal de troca de conhecimento entre os participantes.

Portos do Paraná e as metas da ONU

O trabalho em parceria com o Porto de Roterdã busca atender os seguintes objetivos:

• ODS 7: Garantir o acesso à energia acessível, confiável, sustentável e moderna para todos.

• ODS 8: Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, o emprego pleno e produtivo e o trabalho decente para todos.

• ODS 9: Construir infraestrutura resiliente, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação.

• ODS 13: Tomar medidas urgentes para combater as mudanças climáticas e seus impactos.

 

Fonte: Portos do Paraná

}

12.08.2023

Em Destaque

Relacionados

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

mar 01 2024

Stand da Portos do Paraná na 28ª edição da Intermodal South America terá alta tecnologia

A Portos do Paraná, empresa pública que administra os portos de Paranaguá e Antonina, oferecerá uma ampla estrutura para os visitantes da 28ª edição...
fev 29 2024

O futuro da reforma tributária nas importações e exportações

A tão comentada reforma tributária tem como principal premissa simplificar a cobrança de impostos no Brasil. A proposta está prestes a entrar em sua...
fev 28 2024

Brasil fecha novas vendas para Austrália e Costa Rica

O Ministério da Agricultura e Pecuária informou que o governo da Austrália aprovou a importação de pescados do Brasil, enquanto o governo da Costa...
fev 27 2024

Colheita atípica em janeiro no Paraná levou a aumento de 282% nas exportações de soja

A acelerada colheita de soja em janeiro deste ano, o que não é comum para o período, levou a um aumento expressivo no volume de produtos do complexo...
fev 26 2024

ESG e sustentabilidade são os focos da Portos do Paraná na 28ª Intermodal

A busca por uma agenda sustentável também inclui ações no próprio stand do evento Entre os dias 05 e 07 de março, a Portos do Paraná irá participar...
fev 23 2024

Balança comercial tem saldo positivo de US$ 1,996 bi até a segunda semana de fevereiro

Na 2ª semana de fevereiro de 2024, a balança comercial registrou superávit de US$ 1,78 bilhão e corrente de comércio de US$ 10,915 bilhões,...
fev 22 2024

Paraná é o terceiro estado que mais exporta carne de peru, aponta boletim do Deral

As exportações nacionais de carne de peru alcançaram 69.644 toneladas em 2023 e geraram receita de aproximadamente US$ 200,568 milhões. O Paraná é o...
fev 21 2024

Comércio Brasil-China inicia 2024 com fortes altas nas exportações e importações

O comércio entre o Brasil e a China teve um início de ano marcado pelo expressivo aumento de 53,7% nas exportações brasileiras, que somaram US$...
fev 20 2024

Brasil e Egito fortalecem relações comerciais para exportação de carnes com facilitações

Com a confirmação da missão do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao Egito nesta semana, o Ministério da Agricultura e Pecuária do...
fev 19 2024

Importação cresce ao maior patamar em 20 anos e indústria corre ao governo por proteção comercial

As importações alcançaram participação inédita no mercado da indústria em, pelo menos, 20 anos e provocaram uma corrida das empresas ao governo por...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes