Marcon Logística Portuária

Portos do Paraná marca presença no 31º Congresso Latino-Americano do setor

O diretor de Engenharia e Manutenção da Portos do Paraná, Victor Kengo, palestrou nesta quarta-feira (06) no 31º Congresso Latino-Americano de Portos, organizado anualmente pela Delegação Latino-Americana da Associação Americana de Autoridades Portuárias (AAPA). O diretor foi um dos destaques da sessão geral, realizada na Colômbia, sobre a importância da implementação de políticas públicas eficazes para fomentar o crescimento e o desenvolvimento dos portos na América Latina.

Além do diretor, esteve presente no debate a diretora e coordenadora geral de Portos e Marina Mercante do México, Maria Marisa Abarca; e o ministro gerente da Empresa Portuária Nacional de Honduras, Carlos Arturo Bueso Chinchilla. O diretor de Operações da Portos do Paraná, Gabriel Vieira, também acompanhou o evento.

O diretor explicou as ações realizadas de acordo com os três acessos aos portos paranaenses: terrestre, aquaviário e terminais. Para o acesso terrestre, além das concessões rodoviárias que estão sendo realizadas no Estado, existe o projeto que vem sendo realizado pelo Governo do Estado do Paraná, por meio da Nova Ferroeste.

Atualmente, o Estado tem uma malha ferroviária de aproximadamente 2,4 mil quilômetros de ferrovia e, com esse projeto, será conectado o estado do Mato Grosso do Sul, Foz do Iguaçu até a Portos do Paraná. “Para isso, a autoridade portuária realizará a maior obra pública portuária do país, o Moegão, que visa o aumento da capacidade de recepção ferroviária dos terminais do Corredor de Exportação Leste. O projeto busca equalizar a balança de movimentação entre rodoviário e ferroviário, para sermos ainda mais produtivos, diminuindo o custo logístico de todas as operações”, explicou o diretor.

Outro ponto importante abordado foi a questão do calado, que é a profundidade entre o ponto mais baixo da quilha (peça que fortalece a estrutura da embarcação) até a linha d’água. Atualmente, Paranaguá tem um calado operacional de 12,8 metros. Com o projeto atual para concessão do Canal de Acesso Aquaviário ao Porto de Paranaguá, busca-se atrair R$ 1 bilhão em investimentos. O diretor explica que, “desta maneira, conquistaremos 15 metros e meio de calado, que nos permitirá receber navios maiores, mais pesados e com maior produtividade”.

Em relação aos terminais, a Portos do Paraná é destaque nacional: foi a primeira autoridade portuária autorizada pelo governo federal, desde 2019, a ter o convênio de delegação para arrendamento de áreas. “Isto nos gerou muita eficiência e mais agilidade nos processos, além de atrair as empresas privadas para investir nas áreas arrendadas, visando a modernização dos terminais e expansão dos berços de atracação. Como autoridade portuária, precisamos estar sempre de olho e atentos ao mercado, para ver para qual caminho vamos seguir”, finalizou o diretor.

Sobre o Congresso

O Congresso Latino-Americano de Portos, organizado anualmente pela Delegação Latino-Americana da Associação Americana de Autoridades Portuárias (AAPA), atrai os principais participantes do setor marítimo latino-americano e internacional. Anualmente, mais de 400 líderes portuários, representantes de empresas e especialistas internacionais participam da conferência. Este ano o evento abordou os desafios recentes para os portos, como a digitalização, a transição energética, as mudanças climáticas e as consequências para os portos e o setor marítimo.

 

Fonte: Portos do Paraná

}

12.11.2023

Em Destaque

Relacionados

Balança comercial tem superávit de US$ 8,534 bi em maio

A queda de preços da soja e do minério de ferro fez o superávit da balança comercial cair em maio. No mês passado, o país exportou US$ 8,534 bilhões a mais do que importou, divulgou nesta quinta-feira (6) o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços...

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

jun 17 2024

Portos do Paraná estreita ligação com dirigentes e investidores espanhóis

Empresa pública participou de intercâmbio no país europeu que contou com jornadas empresariais e visitas a instalações portuárias em Madri, Valência...
jun 14 2024

Balança comercial tem superávit de US$ 8,534 bi em maio

A queda de preços da soja e do minério de ferro fez o superávit da balança comercial cair em maio. No mês passado, o país exportou US$ 8,534 bilhões...
jun 13 2024

Argentina suspende antidumping sobre exportações brasileiras de talheres de aço inoxidável com cabo de madeira ou plástico

O governo do Brasil recebeu com satisfação a decisão do governo da República Argentina de suspender a medida antidumping aplicada às exportações...
jun 12 2024

Volume de soja exportada cai 13,6% em maio, e envios de carne bovina sobem 26%

O Brasil exportou 13,450 milhões de toneladas de soja em grão em maio, 13,69% a menos do que os 15,584 milhões de toneladas de igual período de...
jun 11 2024

Brasil faz acordo com China que pode aumentar exportação de café

O vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Geraldo Alckmin, assinou nesta quarta-feira (5)...
jun 10 2024

Brasil usa presidência do G20 para propor mudanças nas regras do comércio agrícola entre países

Nas discussões do G20, o grupo que reúne as maiores economias do mundo, o Brasil tem proposto ajustes no equilíbrio entre a expansão do comércio...
jun 07 2024

Mapa encerra maio com recorde histórico de aberturas de mercados para o mês

O mês de maio deste ano se encerra como o melhor maio da série histórica em termos de novos acordos comerciais no mercado mundial para produtos do...
jun 06 2024

Exportações do Brasil para os EUA superam os 12 bilhões de dólares no ano

O governo realizou, nesta semana, um seminário para marcar os “200 anos de amizade Brasil-Estados Unidos”. No encontro, a secretária de Comércio...
jun 05 2024

Com evolução de 34%, Paraná deve colher 646 mil toneladas de feijão em 2024

As condições climáticas têm refletido nas produções agrícolas de praticamente todo o País, e no Paraná também reduziram o potencial. Mesmo assim, em...
jun 04 2024

BNDES reduz de novo juros de linha especial para exportações brasileiras

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) promoveu nova redução de juros no BNDES Exim Pré-Embarque, linha de crédito que...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes