Marcon Logística Portuária

Portos do Paraná investe R$ 27 milhões em tecnologia da informação

Empresa pública aplicou recursos na melhoria das salas multimídia, aquisição de novos computadores, celulares, rádios comunicadores, softwares e treinamentos, e projeta mais para 2022

O slogan de Logística Inteligente usado pela Portos do Paraná não é à toa. A empresa pública está em busca permanente de eficiência, excelência e a oferta do melhor serviço ao mercado. Por isso, os investimentos também são concentrados em Tecnologia da Informação. Somente em 2021 foram R$ 27 milhões aplicados em hardware, software, cabeamento e treinamento para modernizar todos os setores da instituição.

Um movimento que deve aumentar em 2022 sem deixar de lado a proteção de dados, garantindo as ferramentas necessárias para o alcance dos objetivos da organização.

“Os investimentos foram grandes, esta gestão não poupou esforços e recursos financeiros para que a gente pudesse trazer melhorias consideráveis”, destaca o gerente de Tecnologia e Informação (GTEC), Claudio Augusto dos Santos.

De acordo com ele, apesar do alto investimento, uma preocupação foi começar pelo “chão de fábrica”, com a aquisição de 175 novos computadores.

“Trocamos 40% do parque, com máquinas de linha corporativa, não as montadas em lojas, com cinco anos de garantia, e hoje temos uma padronização dos computadores da Portos do Paraná. Fizemos a troca primeiro nas áreas que trabalham 24 horas por dia, como a balança, Pátio de Triagem, Operação, Guarda e, depois, passamos para as áreas administrativas”, aponta o gerente.

Outro investimento foi no cabeamento. “Havia uma adversidade, eram bem antigos. Já atendemos as diretorias de Meio Ambiente e Operação, e o Palácio Taguaré foi dividido em quatro etapas, a 1 e 2 já concluídas”, explica o coordenador de Infraestrutura e Comunicação José Carlos Bom.

De acordo ele, a medida foi necessária para atender a infraestrutura da área, que inclui novos computadores, estudo softwares novos e sistema de comunicação voip”.

Com essas mudanças, o passo seguinte foi investir em software e treinamento. “Com computador e cabeamento novos, podemos trazer software. Trouxemos o DTR40 para padronizar os nossos termos de referência. Também fizemos uma compra grande de CorelDraw, AutoCAD e outros programas de desenhos gráficos. Com essas padronizações conseguimos treinar o usuário e também, em função do LGPD, estamos mostrando a ele que se deve ter cuidado com os dados pessoais”, explica o coordenador de Sistemas Rodrigo Vanhoni.

A Portos do Paraná também ampliou a oferta de telefonia móvel para áreas que mais necessitam. “De 40 aparelhos, passamos para 60 e para todos eles temos um controle de uso, bem como os computadores e os notebooks”, conta Santos.

Estruturada a primeira fase, que deve ser ampliada em 2022, a Portos do Paraná entregou quatro novas salas multimídia, que estão entre as mais modernas do país. “Podemos receber pessoas de fora para reuniões. Essas salas têm toda uma solução tecnológica que permite que façamos reuniões presenciais ou por videoconferência”, ressalta o gerente.

As melhorias na área também contemplaram a capacitação de pessoal. “Nós segmentamos a gerência em três partes: hardware, cabeamento e sistemas porque precisávamos ter pessoas chaves em posições chaves, e também pretendemos criar um help-desk próprio com a ajuda dos nossos estagiários”, projeta Claudio.

A Portos do Paraná mantém um acordo de cooperação com a Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar), responsável pelo processamento e armazenamento de dados.

Em meados de dezembro, começaram a ser instalados os novos rádio comunicadores na empresa pública. “Vamos instalar, mas quem vai fazer a gestão é a Guarda Portuária e será uma inovação”, diz Santos, ao citar o evento climático em 2020 que prejudicou a comunicação entre áreas afastadas do Porto.

FUTURO – Para 2022, a empresa pública segue firme nos investimentos e o principal deles na área tecnológica é a instituição de um sistema integrado de gestão empresarial.

“Temos a ganhar porque toda a base de dados será única e para o futuro poderemos trabalhar com o Business Inteligence (BI), que dá a informação de modo gráfico em tempo real. Hoje, o porto tem softwares diversos e a ideia é concentrar o máximo em uma ferramenta só”, analisa o gerente.

Também está prevista a implantação de um novo provedor de e-mail corporativo, folha ponto administrada pelo próprio empregado com o supervisor da chefia imediata e solução em voip para a telefonia, com a finalização da implantação do novo cabeamento. “O voip será uma transformação porque ele permite que a pessoa carregue o ramal para onde ela estiver”, finaliza o gerente de Tecnologia e Informação.

 

Fonte: Portos do Paraná

}

12.31.2021

Em Destaque

Relacionados

ANTAQ visita os portos de Paranaguá e Antonina

A Portos do Paraná recebeu a visita da comitiva da Agência Nacional de Transporte Aquaviários (ANTAQ), nesta terça-feira (07). Os diretores, Alber Furtado de Vasconcelos Neto e Caio César Farias Leôncio, e o chefe da unidade regional de Curitiba, Thiago Fernando...

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

maio 17 2024

Lula quer desdolarização proposta pela China, mas comércio exterior do Brasil é dominado pelo dólar

O governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está engajado nas tratativas do Brics (bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul)...
maio 16 2024

Governo Federal publica medida que autoriza importação de arroz

Para o enfrentamento das consequências sociais e econômicas decorrentes das enchentes no estado do Rio Grande do Sul, o Governo Federal publicou...
maio 15 2024

Com US$ 7,47 bilhões, Paraná bate recorde de exportações para um 1º quadrimestre

As exportações do Paraná no primeiro quadrimestre de 2024 bateram recorde para o período, somando US$ 7,47 bilhões. Melhor resultado da série...
maio 14 2024

Balança comercial tem superávit de US$ 9,041 bilhões em abril

Apesar da queda de preços da soja, do ferro e do petróleo, o superávit da balança comercial subiu em abril. No mês passado, o país exportou US$...
maio 13 2024

ANTAQ visita os portos de Paranaguá e Antonina

A Portos do Paraná recebeu a visita da comitiva da Agência Nacional de Transporte Aquaviários (ANTAQ), nesta terça-feira (07). Os diretores, Alber...
maio 10 2024

Brasil foi 2º principal destino de investimento estrangeiro em 2023, diz OCDE

Relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) recém-divulgado revela que o Brasil foi o segundo principal destino de...
maio 09 2024

Política Nacional da Cultura Exportadora ganha adesão do Memp

O Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte (Memp) aderiu nesta sexta-feira (3/5) à Política Nacional da Cultura...
maio 08 2024

A cada quatro dias, um novo mercado foi aberto para o agro neste ano

Os primeiros quatro meses de 2024 são os mais produtivos da história para o agronegócio brasileiro em termos de abertura de mercados internacionais....
maio 07 2024

Navio muda de nome e de tripulação após atracar no Porto de Paranaguá

O navio porta-contêineres Paris II, mudará de nome e tripulação após atracar no Porto de Paranaguá nesta terça-feira (30). A mudança acontece após a...
maio 06 2024

“Impulso das Exportações” destaca a força do comércio exterior no primeiro trimestre

Segunda edição da nova publicação da ApexBrasil destaca exportações e saldo recorde no primeiro trimestre do ano e as oportunidades para produtos...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes