A Portos do Paraná inova mais uma vez e passa a oferecer a partir desta segunda-feira, dia 30, um painel com atualização diária sobre seus principais indicadores em gestão de projetos. O Appaboard, como é chamado, tem o objetivo de dar publicidade aos públicos interno e externo quanto ao andamento dos atos e projetos estruturantes da empresa pública. A nova ferramenta foi gestada na Gerência de Planejamento Estratégico (GPLANES) e estará presente na APPANet (intranet) e também nos monitores espalhados pelos locais comuns da empresa.

“O Appaboard é uma ferramenta de gestão visual, o nome vem da ótica de dashboard, que é um painel com indicadores de gestão. O foco é dar publicidade as ações e aos principais projetos da Portos do Paraná tanto ao público interno quanto o público externo, uma vez que pessoas que não fazem parte da organização circulam com frequência pela sede em visitas e reuniões”, destaca o diretor-presidente Luiz Fernando Garcia.

De acordo com o executivo, é mais uma maneira de manter todos alinhados sobre os atos e principais projetos estruturantes da empresa. “É mais uma ferramenta para veicular as ações e alcance dos objetivos estratégicos que foram definidos no Plano Estratégico, objetivo esses que têm um horizonte de cinco anos e isso significa que os usuários deverão, durante todo esse período, por meio do Appaboard, acompanhar a implantação do Plano Estratégico”, justifica.

Para o diretor de Desenvolvimento Empresarial, André Pioli, o painel será mais um canal de comunicação entre a empresa e empregados. “Com o APPABoard iremos ampliar a comunicação interna e estreitar o relacionamento da administração com membros e servidores, através de um canal de comunicação que veicula informações oficiais e em tempo real, fato que vejo como superpositivo e essencial a um Porto eficiente e transparente,” aponta.

Segundo Honorato Chudson, gerente de Planejamento Estratégico, o Appaboard contará, inicialmente, com três pontos de visualização, por projeto. “O primeiro é o valor total dos projetos (a ser captado e / ou investido), o segundo é o tempo decorrido (contando da data de autorização do Presidente, até conclusão do projeto) e o último gráfico o percentual das ações concluídas, as que ainda não foram iniciadas e as que estão em andamento. Isso permite que o usuário tenha o status real de cada um desses projetos estratégicos da Portos do Paraná”, informa.

Para o diretor Administrativo e Financeiro, Marcos Bonoski, a empresa pública dá mais um passo em busca de uma cultura moderna de gerenciamento. “A direção vem trabalhando com as diretorias e as gerências e por meio da própria aplicação do plano estratégico, com as inovações em gestão e tecnologia e tudo isso traz a importância de inserir a Portos do Paraná no rol de empresas que trabalham com gestão conceituada, que trabalham com transformação digital”, avalia.

Garcia ainda destaca o cumprimento da legislação que rege as empresas públicas. “Isso tudo também tem uma importância legal já que a Lei 13.303, na qual a empresa está submetida, traz muito sobre governança, transparência e publicização dos atos e informações administrativas da gestão”, diz o diretor-presidente.

APPABOARD – O Appaboard está pautado no Business Inteligence (BI), que é uma ferramenta de alta tecnologia. “Já utilizamos na Portos do Paraná, e o Appaboard tem sua atualização recorrentemente, semi automatizada e descentralizada, onde cada um dos gestores têm seu acesso à dinâmica de inserção de dados e essa dinâmica é centralizada em uma central de resultados e que, diariamente, faz a atualização daquilo que foi realizado naqueles projetos”, finaliza Honorato.

O Appaboard ficará disponibilizado nos monitores instalados dentro dos lugares comuns da empresa. Outra maneira de acessar pela intranet, restrita aos colaboradores da empresa pública.

 

Fonte: Portos do Paraná