O Porto de Paranaguá (PR) foi o principal exportador de soja em grão do Brasil em dezembro de 2021. Ao todo, 758,8 mil toneladas foram embarcadas no mês, baixa de 12% em relação a dezembro de 2020. O porto de Santos (SP) ficou em segundo lugar, exportando 527,4 mil toneladas no mês.

Em seguida, veiram Rio Grande (RS), com 439,1 mil toneladas e São Luis (MA), que embarcou 284,1 mil toneladas.

O Brasil exportou 2,712 milhões de toneladas em dezembro. Em 2021, o volume acumulado chegou a 86,108 milhões de toneladas.

Farelo de soja

O porto de Santos (SP) foi o principal responsável pelas exportações de farelo de soja em dezembro de 2021, embarcando 710 mil toneladas do subproduto. O volume é 4% superior ao exportado um ano antes. Paranaguá (PR) ficou em segundo lugar, com 357,6 mil toneladas – queda de 12% – e Rio Grande (RS) em terceiro, com 316,4 mil, alta de 19%.

O Brasil exportou 1,72 milhão de toneladas de farelo no mês. Em igual período do ano anterior, foram 944,9 mil toneladas.

China

A China importou 60,477 milhões de toneladas de soja do Brasil de janeiro a dezembro de 2021. Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia, o volume é menos de 1 ponto percentual inferior às 60,601 milhões de toneladas em 2020. O país é o maior comprador da oleaginosa brasileira.

Em segundo lugar, ficou a Espanha, com 3,592 milhões de toneladas, 27% acima de 2020. A Holanda aparece em terceiro lugar, com 2,887 milhões de toneladas, queda de 11% ano a ano.

 

Fonte: Canal Rural