Marcon Logística Portuária

Meganavio faz única escala no Porto de Paranaguá

O Porto de Paranaguá recebeu nesta quarta-feira (07) o meganavio MSC Elisa XIII, do armador Mediterranean Shipping Company (MSC) que fez uma escala única no Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP). Além do comprimento do MSC Elisa XIII ser 12 vezes maior que o Cristo Redentor, o navio possui também 48,20 metros de largura, 139,7 mil toneladas de capacidade e pode transportar até 14.432 TEUs (medida para 20 pés de comprimento de contêiner). O navio que vem dos Estados Unidos, faz atracação apenas no Porto de Paranaguá, e segue para Singapura logo depois.

Antes da chegada do MSC Elisa XlIl, outro navio de mesmo porte já havia atracado cinco dias antes. Em 29 de janeiro foi a vez do MSC Natasha XIII, embarcação irmã do Elisa, que possui exatamente as mesmas características de comprimento, largura e capacidade. A embarcação de 366 metros de comprimento é o segundo deste porte a ser recebido no Estado e é o maior já registrado no Paraná.  O segundo maior navio recebido foi o APL Yangshan, do armador francês CMA CGM, em novembro de 2022, com 347m.

O diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia, comentou a importância da ampliação do calado, por meio de obras e serviços de dragagens realizados pela empresa pública, para atrair grandes navios. “São as obras de derrocagem e os serviços de dragagem, realizados pela Portos do Paraná, que nos permitem receber navios cada vez maiores, ampliando nossa capacidade de movimentação e permitindo nosso avanço pelo mundo todo”, afirmou o diretor-presidente.

A gerente comercial de armadores da empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP), Carolina Brown, destaca a importância de ser o primeiro terminal brasileiro a receber os porta-contêineres 366. “A atracação das embarcações MSC Natasha XIII e MSC Elisa XIII demonstram a aptidão da TCP para receber navios desta magnitude. Nossa estrutura nos permite atuar como um hub portuário para os armadores, centralizando suas operações de maneira eficiente, e trazendo novas oportunidade de negócios para nossos clientes, que podem escoar um volume cada vez maior de produtos para todos os continentes do planeta”.

Atualmente, o calado (profundidade entre o ponto mais baixo do navio até a linha d’água) para porta-contêineres em Paranaguá é de 12,3m nos canais principal e alternativo.

Além de possuir a profundidade necessária para receber o navio, o Porto de Paranaguá conta com um amplo pátio reefer (área para contêineres com controle de temperatura), necessário para energizar os contêineres com carne de frango congelada, que representa mais de 80% do que será exportado pelo meganavio.

A expectativa é que até o final de fevereiro a TCP passe de 3.624 para 5.268 tomadas, o que representa uma ampliação de 45% da área. O investimento busca manter o Porto de Paranaguá como o maior corredor de movimentação deste tipo de proteína no mundo.

 

Fonte: Portos do Paraná

}

02.12.2024

Em Destaque

Relacionados

Operações de Sucesso: Marcon Logística Portuária em Destaque

No último final de semana, a Marcon Logística Portuária mostrou mais uma vez sua eficiência e capacidade ao conduzir operações em dois navios RORO (Roll-on/Roll-off), reforçando sua posição de destaque no setor de logística portuária. Navio Polaris Leader NYK Line...

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

jul 23 2024

Operações de Sucesso: Marcon Logística Portuária em Destaque

No último final de semana, a Marcon Logística Portuária mostrou mais uma vez sua eficiência e capacidade ao conduzir operações em dois navios RORO...
jul 23 2024

Agronegócio exporta US$ 15,20 bi em junho e US$ 82,39 bi no semestre

As vendas externas brasileiras de produtos do agronegócio foram de US$ 15, 20 bilhões em junho de 2024 , um aumento do valor das exportações...
jul 22 2024

Portos do Paraná registram recorde histórico de movimentação mensal

Os portos paranaenses alcançaram uma nova marca histórica de movimentação. Ao todo, 6.582.670 de toneladas foram movimentadas em junho deste ano,...
jul 19 2024

Abertura do mercado cubano para exportação de quatro produtos do agronegócio brasileiro

O governo brasileiro recebeu com satisfação o anúncio, pelo governo de Cuba, da autorização para que o Brasil exporte os seguintes produtos para...
jul 18 2024

Camex mantém elevação de tarifas de importação de resíduos sólidos

Em 18% desde julho do ano passado, as tarifas de importação para resíduos de papel, plástico e vidro permanecerão nesse nível por mais um ano,...
jul 17 2024

Carteira de exportação do BNDES aprova volume 135% maior de créditos em 2024

O valor das aprovações de crédito para a linha BNDES EXIM Pré-Embarque, que financia as exportações de empresas nacionais, cresceu 135% no primeiro...
jul 16 2024

Exportações do Paraná para Ásia, África e Oriente Médio batem recorde no 1º semestre

O Paraná obteve no 1º semestre de 2024 o seu melhor desempenho nas vendas para os mercados do Oriente Médio, África e Sudeste Asiático , com maior...
jul 15 2024

Mercosul e Emirados Árabes Unidos iniciam negociações de um acordo de livre comércio

Representantes dos países membros do Mercosul e dos Emirados Árabes Unidos se reuniram em Assunção, entre os dias 2 e 4 de julho, e formalizaram  o...
jul 12 2024

Receita Federal aprimora Programa OEA-Integrado para facilitar operações internacionais

A Receita Federal do Brasil (RFB) publicou a Portaria RFB nº 435, de 2 de julho de 2024, que estabelece novas regras para a participação de órgãos e...
jul 11 2024

Brasil e Palestina firmam acordo de livre comércio no âmbito do Mercosul

Em 3 de julho de 2024, o Brasil depositou sua carta de ratificação ao Acordo de Livre Comércio entre o Mercosul e o Estado da Palestina. A carta foi...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes