Marcon Logística Portuária

Mapa encerra maio com recorde histórico de aberturas de mercados para o mês

O mês de maio deste ano se encerra como o melhor maio da série histórica em termos de novos acordos comerciais no mercado mundial para produtos do agronegócio brasileiro. De acordo com balanço da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), nos últimos 31 dias foram registradas a abertura de 15 novos mercados em 10 países diferentes.

O desempenho supera o recorde anterior, registrado em maio de 2020, com oito aberturas em cinco países. No ano passado, o mesmo mês contabilizou a abertura de sete novos mercados em sete nações, contribuindo para a marca histórica de 78 novos mercados em 39 países ao longo de 2023. Durante o terceiro mandato do presidente Lula já são 124 em 51 países.

Maio também é considerado o melhor mês deste ano, superando março com 10 novos mercados, janeiro com nove, fevereiro com sete e abril com cinco. No ano, já foram registrados 46 novos mercados em 27 países, com destaque para: pescados para África do Sul, Austrália e Índia; carne de aves para El Salvador e Lesoto; carne suína para o Butão; café verde para Zâmbia; entre outros.

As aberturas de 2024 já contemplam todos os continentes: África (5) – África do Sul, Botsuana, Egito, Lesoto e Zâmbia; Ásia (12) – Arábia Saudita, Armênia, Butão, Cazaquistão, Coréia do Sul, Filipinas, Índia, Omã, Paquistão, Quirguistão, Singapura e Turquia; Europa (3) – Grã-Bretanha, Belarus e Rússia; Oceania (1) – Austrália; e Américas (6) – Canadá, Costa Rica, El Salvador, Estados Unidos, México e Peru.

“A abertura de novos mercados é um testemunho da competitividade e da confiabilidade do setor produtivo brasileiro, reconhecido em mais de 200 países e territórios. Esse resultado é fruto do trabalho conjunto de muitos, sob a liderança do Ministros Carlos Fávaro e Mauro Vieira, em especial de nossos adidos agrícolas nas negociações comerciais bilaterais. É importante lembrar que 65% das aberturas desta gestão ocorreram em postos onde temos adidos. E ainda há muitos mais recordes por vir”, destacou o secretário de Comércio e Relações Internacionais, Roberto Perosa.

A expansão de mercados internacionais tem sido um fator importante no crescimento das exportações brasileiras. Nos primeiros quatro meses do ano, o agronegócio desempenhou um papel primordial, representando 49,3% do total das exportações do país. A receita gerada pelo setor no quadrimestre alcançou a marca de US$ 52,39 bilhões, um crescimento de 3,7% em relação aos US$ 50,52 bilhões exportados no mesmo período do ano anterior.

Tais resultados são fruto do trabalho conjunto do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) e do Ministério das Relações Exteriores (MRE).

 

Fonte: Agência GOV / Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa)

}

06.07.2024

Em Destaque

Relacionados

Paraná exporta US$ 9,52 bilhões nos cinco primeiros meses de 2024

As exportações paranaenses somaram US$ 9,52 bilhões (R$ 51 bilhões na cotação atual) entre janeiro a maio de 2024, consolidando o Estado como o maior exportador da região Sul. O Paraná superou Santa Catarina, com vendas externas de US$ 4,59 bilhões, e Rio Grande do...

Balança comercial tem superávit de US$ 8,534 bi em maio

A queda de preços da soja e do minério de ferro fez o superávit da balança comercial cair em maio. No mês passado, o país exportou US$ 8,534 bilhões a mais do que importou, divulgou nesta quinta-feira (6) o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços...

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

jun 18 2024

Paraná exporta US$ 9,52 bilhões nos cinco primeiros meses de 2024

As exportações paranaenses somaram US$ 9,52 bilhões (R$ 51 bilhões na cotação atual) entre janeiro a maio de 2024, consolidando o Estado como o...
jun 17 2024

Portos do Paraná estreita ligação com dirigentes e investidores espanhóis

Empresa pública participou de intercâmbio no país europeu que contou com jornadas empresariais e visitas a instalações portuárias em Madri, Valência...
jun 14 2024

Balança comercial tem superávit de US$ 8,534 bi em maio

A queda de preços da soja e do minério de ferro fez o superávit da balança comercial cair em maio. No mês passado, o país exportou US$ 8,534 bilhões...
jun 13 2024

Argentina suspende antidumping sobre exportações brasileiras de talheres de aço inoxidável com cabo de madeira ou plástico

O governo do Brasil recebeu com satisfação a decisão do governo da República Argentina de suspender a medida antidumping aplicada às exportações...
jun 12 2024

Volume de soja exportada cai 13,6% em maio, e envios de carne bovina sobem 26%

O Brasil exportou 13,450 milhões de toneladas de soja em grão em maio, 13,69% a menos do que os 15,584 milhões de toneladas de igual período de...
jun 11 2024

Brasil faz acordo com China que pode aumentar exportação de café

O vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Geraldo Alckmin, assinou nesta quarta-feira (5)...
jun 10 2024

Brasil usa presidência do G20 para propor mudanças nas regras do comércio agrícola entre países

Nas discussões do G20, o grupo que reúne as maiores economias do mundo, o Brasil tem proposto ajustes no equilíbrio entre a expansão do comércio...
jun 06 2024

Exportações do Brasil para os EUA superam os 12 bilhões de dólares no ano

O governo realizou, nesta semana, um seminário para marcar os “200 anos de amizade Brasil-Estados Unidos”. No encontro, a secretária de Comércio...
jun 05 2024

Com evolução de 34%, Paraná deve colher 646 mil toneladas de feijão em 2024

As condições climáticas têm refletido nas produções agrícolas de praticamente todo o País, e no Paraná também reduziram o potencial. Mesmo assim, em...
jun 04 2024

BNDES reduz de novo juros de linha especial para exportações brasileiras

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) promoveu nova redução de juros no BNDES Exim Pré-Embarque, linha de crédito que...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes