A entrada de fertilizantes pelo Porto de Paranaguá (PR) no acumulado do ano subiu 14% na comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com o presidente do porto, Luiz Fernando Garcia, essa situação acontece por conta da Covid-19 e pela compra antecipada dos insumos por parte dos produtores rurais.

“Tem a questão da Covid e também os preços no mercado internacional que fez os produtores anteciparem a compra dos insumos”, explica.

Segundo o representante, de janeiro até o domingo, 24, o Brasil importou 3,7 milhões de toneladas de fertilizantes pelo porto, contra 3,3 milhões de toneladas no mesmo período de 2019.

“Isso demonstra garantia do preço, normalmente a importação começa em maio e tem pico entre julho e agosto e percebemos essa antecipação da importação. O pico não ocorreu ainda mas a expectativa é que haja movimentação forte em junho, julho e agosto”.

 

Fonte: Canal Rural