Marcon Logística Portuária

Empresas optam pelo Porto de Paranaguá como alternativa ao pedágio fluvial argentino

O anunciado e questionado pedágio fluvial argentino para barcaças no trecho de Confluência Santa Fé e Paso Queso do Eixo Fluvial Paraguai-Paraná entrou em vigor em janeiro de 2023. A Resolução nº 1023/2022, do Ministério dos Transportes da Argentina, aprovou a cobrança de 1,47 dólares por tonelada transportada no trecho de 1.180 quilômetros da hidrovia. O objetivo é que o imposto seja utilizado em obras de dragagem e sinalização.

A medida não é vista com bons olhos pelos importadores e exportadores paraguaios. Consequentemente, a Federação Paraguaia de Produção, Indústria e Comércio (Feprinco) solicitou uma revisão do plano ao governo nacional.

Enquanto a medida é mantida, os importadores buscam alternativas logísticas, sendo a principal delas o Porto de Paranaguá, que tem ganhado força no mercado paraguaio. De acordo com o Terminal de Contêineres de Paranaguá, importar por esse porto traz vantagens para as empresas paraguaias, que serão potencializadas pela nova ponte que ligará Brasil e Paraguai.

Múltiplas vantagens

O coordenador comercial para o Paraguai da TCP (Terminal de Contêineres de Paranaguá), André Frigotto, explica que a empresa é a principal alternativa brasileira para o comércio exterior no país vizinho.

“Uma das vantagens da rota terrestre é o tempo de viagem: 25 a 30 dias mais rápido do que por barcaça. Outra vantagem presente no TCP é a existência do Depósito Franco”.

Outro benefício para o importador que optar pela logística pelo Porto de Paranaguá é o transporte terrestre. A construção da Ponte da Integração Internacional, segunda estrutura do Paraná a ligar os dois países, será outra opção para estimular o mercado regional.

Segundo Frigotto, a obra será responsável por revolucionar o comércio Brasil-Paraguai, permitindo um trânsito de mercadorias mais rápido e eficiente.

“Com a nova ponte, a expectativa é desviar o trânsito da Ponte da Amizade. A nova estrutura será ligada ao perímetro leste, que levará os caminhões diretamente à BR-277. É um trabalho que comprova o interesse do Brasil em investir em logística e atrair cada vez mais paraguaios para as rotas brasileiras”, explicou.

Segundo a Agência de Notícias do Governo do Paraná, a estrutura da Ponte da Integração já está finalizada. Faltam apenas os retoques finais, que estão sendo feitos, como a instalação dos guarda-corpos interno e externo. A Secretaria de Infraestrutura e Logística do Governo do Estado do Paraná informa que a previsão de conclusão das obras perimetrais é dezembro de 2023, mas o prazo será revisto nos próximos meses, dependendo do andamento dos serviços.

Nota Feprinco

A Federação de Produção, Indústria e Comércio do Paraguai pediu ao governo nacional “que adote as medidas necessárias para a retificação imediata desta situação. Esta imposição representa uma violação dos regulamentos bilaterais entre Argentina e Paraguai, afetando toda a costa logística de nosso país”.

Até o momento, o pedágio permanece inalterado.

 

Fonte: Portos do Paraná

}

03.07.2023

Em Destaque

Relacionados

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

abr 18 2024

Empresas no Paraná garantem R$ 468 milhões do BNDES para exportação

Empresas no Paraná realizaram quatro operações com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para financiamento de exportações...
abr 17 2024

Portos do Paraná e de Santos assinam carta de intenções

Os dois maiores portos do Brasil assinaram, nesta quinta-feira (11), uma carta de intenções com o objetivo de desenvolver acordos de cooperação...
abr 16 2024

OMC prevê que comércio global vai se recuperar de forma lenta, porém constante

O comércio global de mercadorias deve se recuperar neste ano, porém de forma mais lenta do que o esperado anteriormente, depois de apenas seu...
abr 15 2024

Com US$ 5,4 bilhões no 1º trimestre, Paraná segue como maior exportador do Sul

As exportações do Paraná somaram US$ 5,42 bilhões no 1º trimestre do ano, um acréscimo de 4,7% em relação ao mesmo período do ano passado (US$ 5,2...
abr 12 2024

Chanceler argentina vê progresso em acordo Mercosul-UE, apesar de “mal-entendidos”

A ministra das Relações Exteriores, Comércio Internacional e Culto da Argentina, Diana Mondino, afirmou na sexta-feira que as negociações sobre o...
abr 11 2024

Ministério revisa para baixo projeção de superávit comercial

A queda no preço de mercadorias, principalmente dos bens agropecuários, fez o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC)...
abr 10 2024

Exportação por empresas em 2023 teve forte concentração nos estados do Sul-Sudeste

As regiões Norte e Centro Oeste foram as que tiveram o maior aumento percentual de novas empresas brasileiras exportadoras em 2023, segundo estudo...
abr 09 2024

Balança comercial tem superávit de US$ 7,482 bilhões em março

A queda de preços da soja e do petróleo e o feriado de Semana Santa fizeram o superávit da balança comercial cair em março. No mês passado, o país...
abr 08 2024

Porto de Paranaguá recebe maior navio da história do Paraná em capacidade

O navio porta-contêineres MSC C. Montaine, que atracou neste domingo (31) no Porto de Paranaguá, conquistou o título de maior embarcação em...
abr 05 2024

Brasil exportará ovos e carnes de aves para El Salvador

O Governo Federal anunciou nesta sexta-feira (29/3) ter recebido o anúncio, pelo governo de El Salvador, da aprovação sanitária que autoriza o...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes