Marcon Logística Portuária

Com melhor gestão do Brasil, Portos do Paraná recebe homenagem da Assembleia

A Portos do Paraná recebeu uma homenagem nesta terça-feira (03) da Assembleia Legislativa por ter a melhor gestão portuária do Brasil. Os portos de Paranaguá e Antonina alcançaram a nota máxima no Índice de Gestão das Autoridades Portuárias (IGAP) na principal categoria entre os portos públicos brasileiros, no Prêmio Portos + Brasil, do governo federal. Esta é a quarta vez que a empresa pública recebe a premiação, entregue em agosto, em Brasília.

De acordo com o diretor-presidente da empresa, Luiz Fernando Garcia, nos últimos cinco anos e meio, a Portos demonstrou um avanço na infraestrutura, nas melhores práticas, na execução de grandes e importantes obras e também na governança da empresa.

“Esta homenagem destaca o quanto a Portos do Paraná vem se tornando uma liderança em gestão portuária no País. São quatro anos de reconhecimento consecutivo mostrando que, perante o cenário nacional, nós somos a melhor empresa do setor e a melhor gestão profissional. O Paraná consegue demonstrar a evolução e a possibilidade de se ter uma gestão muito eficiente com uma liderança política forte no nosso Estado”, disse.

O secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex, agradeceu a homenagem da Assembleia Legislativa. “É uma homenagem a todos os homens e mulheres que representam a força da Portos do Paraná. O reconhecimento nacional veio ao longo de todos estes anos de gestão do governador Ratinho Júnior e nada melhor do que a Casa de Leis do nosso Estado realizar esta homenagem que é de todos os paranaenses, pois o nosso porto é o mais eficiente do Brasil”, afirmou.

A cerimônia foi uma proposição do líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Hussein Bakri. “Os números falam por si. Pela quarta vez consecutiva a Portos do Paraná recebe este título de melhor Porto do Brasil. O povo paranaense precisa ter orgulho das conquistas das empresas que representam o nosso Estado e este é o nosso objetivo hoje”, afirmou.

O Paraná também foi destaque em mais duas categorias entre os portos públicos na premiação promovida pelo Ministério de Portos e Aeroportos. Conquistou o primeiro lugar na categoria Variação do Lucro Operacional (EBITDA). O mercado financeiro utiliza o indicador para analisar as práticas contábeis e avaliar a situação financeira, econômica e mercadológica de uma companhia.

Outro reconhecimento foi na categoria Crescimento de Movimentação de Carga Geral: a empresa conquistou o segundo lugar. A métrica mede a quantidade de carga geral movimentada, como cargas em contêineres e veículos, além de produtos em sacas, fardos ou unidades, carregados direto nos porões dos navios.

Ao final da sessão solene foi entregue à Portos do Paraná o diploma de Menção Honrosa.

EVOLUÇÃO – O reconhecimento nacional dos portos de Paranaguá e Antonina ocorre em meio à superação de novas marcas históricas. De janeiro de 2019 a junho de 2023 foram 257,2 milhões de toneladas de cargas movimentadas, além de recorde de melhor semestre em 50 anos em 2023, maior embarque em 24 horas e maior número de caminhões atendidos no Pátio de Triagem. Nos últimos quatro anos a empresa pública investiu R$ 543,8 milhões nos portos paranaenses. Neste ano, as obras em andamento já somam R$ 91,5 milhões.

Garcia ressaltou ainda a atração de novos investimentos privados com leilões realizados pela autoridade portuária na B3 na ordem de R$ 3,3 bilhões. Desde 2019, foram quatro novos terminais licitados, voltados para movimentação de celulose, veículos, carga geral, granéis líquidos, além de contratos de arrendamentos que foram renovados. Duas áreas tiveram as consultas e audiência públicas realizadas e uma está com sessão pública marcada.

De olho no futuro, os portos paranaenses projetam investimentos de R$ 2,3 bilhões, públicos e privados. As obras envolvem o Corredor de Exportação Leste em Paranaguá, a construção do Moegão para descargas ferroviárias, dragagem, novos silos, armazéns e esteiras transportadoras, entre outros.

PRESENÇAS – Compuseram a mesa de honra os deputados Hussein Bakri, Artagão Júnior, Pedro Paulo Bazana, Cloara Pinheiro, Cobra Repórter, Fabio Oliveira, Márcia Huçulak, Soldado Adriano José, Flávia Francischini e Luiz Fernando Guerra. Também participaram da cerimônia os secretários estaduais de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex; da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara; do Planejamento, Guto Silva; da Cultura, Luciana Casagrande Pereira; da Mulher, Igualdade Racial e Pessoa Idosa, Leandre Dal Ponte; da Administração e Previdência, Elisandro Frigo; o superintendente-geral de Apoio aos Municípios no Estado, Júnior Weiler; o prefeito de Antonina, José Paulo Vieira Azim; o secretário municipal de Trabalho, Emprego e Assuntos Sindicais de Paranaguá, João Antônio Lozano Baptista; o diretor-presidente da Ferroeste, André Luis Gonçalves; o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER/PR), Fernando Furiatti; e diretores da Portos do Paraná.

 

Fonte: Portos do Paraná

}

10.10.2023

Em Destaque

Relacionados

Operações de Sucesso: Marcon Logística Portuária em Destaque

No último final de semana, a Marcon Logística Portuária mostrou mais uma vez sua eficiência e capacidade ao conduzir operações em dois navios RORO (Roll-on/Roll-off), reforçando sua posição de destaque no setor de logística portuária. Navio Polaris Leader NYK Line...

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

jul 23 2024

Operações de Sucesso: Marcon Logística Portuária em Destaque

No último final de semana, a Marcon Logística Portuária mostrou mais uma vez sua eficiência e capacidade ao conduzir operações em dois navios RORO...
jul 23 2024

Agronegócio exporta US$ 15,20 bi em junho e US$ 82,39 bi no semestre

As vendas externas brasileiras de produtos do agronegócio foram de US$ 15, 20 bilhões em junho de 2024 , um aumento do valor das exportações...
jul 22 2024

Portos do Paraná registram recorde histórico de movimentação mensal

Os portos paranaenses alcançaram uma nova marca histórica de movimentação. Ao todo, 6.582.670 de toneladas foram movimentadas em junho deste ano,...
jul 19 2024

Abertura do mercado cubano para exportação de quatro produtos do agronegócio brasileiro

O governo brasileiro recebeu com satisfação o anúncio, pelo governo de Cuba, da autorização para que o Brasil exporte os seguintes produtos para...
jul 18 2024

Camex mantém elevação de tarifas de importação de resíduos sólidos

Em 18% desde julho do ano passado, as tarifas de importação para resíduos de papel, plástico e vidro permanecerão nesse nível por mais um ano,...
jul 17 2024

Carteira de exportação do BNDES aprova volume 135% maior de créditos em 2024

O valor das aprovações de crédito para a linha BNDES EXIM Pré-Embarque, que financia as exportações de empresas nacionais, cresceu 135% no primeiro...
jul 16 2024

Exportações do Paraná para Ásia, África e Oriente Médio batem recorde no 1º semestre

O Paraná obteve no 1º semestre de 2024 o seu melhor desempenho nas vendas para os mercados do Oriente Médio, África e Sudeste Asiático , com maior...
jul 15 2024

Mercosul e Emirados Árabes Unidos iniciam negociações de um acordo de livre comércio

Representantes dos países membros do Mercosul e dos Emirados Árabes Unidos se reuniram em Assunção, entre os dias 2 e 4 de julho, e formalizaram  o...
jul 12 2024

Receita Federal aprimora Programa OEA-Integrado para facilitar operações internacionais

A Receita Federal do Brasil (RFB) publicou a Portaria RFB nº 435, de 2 de julho de 2024, que estabelece novas regras para a participação de órgãos e...
jul 11 2024

Brasil e Palestina firmam acordo de livre comércio no âmbito do Mercosul

Em 3 de julho de 2024, o Brasil depositou sua carta de ratificação ao Acordo de Livre Comércio entre o Mercosul e o Estado da Palestina. A carta foi...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes