Marcon Logística Portuária

Após visita, empresários do Egito devem intensificar movimentação de fertilizantes pelo Paraná

Com objetivo foi estreitar os laços para aumentar a movimentação dos adubos pelos portos paranaenses, uma comitiva de exportadores de fertilizantes egípcios, representantes da maior produtora de rocha fosfática do país, visitou nesta sexta-feira (27) a Portos do Paraná. O grupo foi recebido pelas equipes das diretorias de Operações e de Desenvolvimento Empresarial.

“O Egito é um importante exportador de fertilizantes para o Brasil e importador de grãos”, disse o diretor de Operações da Portos do Paraná, Luiz Teixeira da Silva Junior. Segundo ele, o estreitamento dos laços é muito interessante para criar ainda mais solidez nessa relação. “Ainda mais quando esses usuários vêm conhecer a eficiência das nossas operações”.

Silva Junior ainda acrescenta que o Porto de Paranaguá tem grande expertise na descarga dos granéis sólidos de importação. “Temos operadores muito qualificados e infraestrutura marítima e terrestre, de primeira, além de oferecermos custos bastante competitivos”, disse.

Os portos paranaenses são as principais portas de entrada para os fertilizantes importados pelo Brasil: cerca de 27,5% de tudo o que chega de adubo do Exterior.

ROTEIRO – O grupo chegou a Paranaguá por volta das 10h e foi recepcionado no edifício Dom Pedro II, sede operacional da Portos do Paraná. Depois de uma breve apresentação, visitou o cais comercial, principalmente os berços dedicados à descarga dos fertilizantes.

“As visitas empresariais, tanto de comitivas brasileiras quanto dos outros países, são sempre bem-vindas”, afirma o gerente de Desenvolvimento Empresarial, Luciano Rosina. Segundo ele, é uma oportunidade para o porto mostrar a qualidade dos serviços prestados, impulsionando novos negócios e prospectando cada vez mais novos clientes e usuários.

COMITIVA – No total, 11 pessoas, incluindo Giancarlo Rocco, diretor de Relações Internacionais e Institucionais na Invest Paraná, integravam a comitiva.

Dois brasileiros do grupo representam a Ourogran Fertilizantes, empresa com sede em Curitiba. Os outros oito pertencem à empresa egípcia Misr Phosphate, com sede no Cairo, maior produtora de rocha fosfática do Egito. Entre eles, o vice-presidente da companhia, Tarek Emam Salama Mohamed Ahmed.

Segundo Claudemir Vulczak, da Ourogran Fertilizantes, a empresa egípcia opera com sucesso pelos Portos do Paraná. “Em outubro, trouxemos 11 mil toneladas de fertilizantes. E temos um navio em rota, com mais 29 mil toneladas, que vai descarregar em Antonina”, afirma. A meta é chegar a descarregar cerca de 200 mil toneladas em 2023.

COMÉRCIO BILATERAL – O Egito é o 9º país de origem em volume de importações nos portos de Paranaguá e Antonina. Em 2022, do país, foram cerca de 500 mil toneladas de cargas, principalmente fertilizantes fosfatados.

Além de importante exportador de fertilizantes, o país também é relevante como importador de produtos brasileiros. É o 8º destino das exportações que saem pelo Porto de Paranaguá. Em 2022, para o país, foi embarcado quase 1 milhão de toneladas de carga. Entre elas, principalmente, milho, açúcar, carne (frango) e celulose.

 

Fonte: Portos do Paraná

}

02.03.2023

Em Destaque

Relacionados

Balança comercial tem superávit de US$ 8,534 bi em maio

A queda de preços da soja e do minério de ferro fez o superávit da balança comercial cair em maio. No mês passado, o país exportou US$ 8,534 bilhões a mais do que importou, divulgou nesta quinta-feira (6) o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços...

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

jun 17 2024

Portos do Paraná estreita ligação com dirigentes e investidores espanhóis

Empresa pública participou de intercâmbio no país europeu que contou com jornadas empresariais e visitas a instalações portuárias em Madri, Valência...
jun 14 2024

Balança comercial tem superávit de US$ 8,534 bi em maio

A queda de preços da soja e do minério de ferro fez o superávit da balança comercial cair em maio. No mês passado, o país exportou US$ 8,534 bilhões...
jun 13 2024

Argentina suspende antidumping sobre exportações brasileiras de talheres de aço inoxidável com cabo de madeira ou plástico

O governo do Brasil recebeu com satisfação a decisão do governo da República Argentina de suspender a medida antidumping aplicada às exportações...
jun 12 2024

Volume de soja exportada cai 13,6% em maio, e envios de carne bovina sobem 26%

O Brasil exportou 13,450 milhões de toneladas de soja em grão em maio, 13,69% a menos do que os 15,584 milhões de toneladas de igual período de...
jun 11 2024

Brasil faz acordo com China que pode aumentar exportação de café

O vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Geraldo Alckmin, assinou nesta quarta-feira (5)...
jun 10 2024

Brasil usa presidência do G20 para propor mudanças nas regras do comércio agrícola entre países

Nas discussões do G20, o grupo que reúne as maiores economias do mundo, o Brasil tem proposto ajustes no equilíbrio entre a expansão do comércio...
jun 07 2024

Mapa encerra maio com recorde histórico de aberturas de mercados para o mês

O mês de maio deste ano se encerra como o melhor maio da série histórica em termos de novos acordos comerciais no mercado mundial para produtos do...
jun 06 2024

Exportações do Brasil para os EUA superam os 12 bilhões de dólares no ano

O governo realizou, nesta semana, um seminário para marcar os “200 anos de amizade Brasil-Estados Unidos”. No encontro, a secretária de Comércio...
jun 05 2024

Com evolução de 34%, Paraná deve colher 646 mil toneladas de feijão em 2024

As condições climáticas têm refletido nas produções agrícolas de praticamente todo o País, e no Paraná também reduziram o potencial. Mesmo assim, em...
jun 04 2024

BNDES reduz de novo juros de linha especial para exportações brasileiras

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) promoveu nova redução de juros no BNDES Exim Pré-Embarque, linha de crédito que...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes