Em menos de três dias, 9,8 mil trabalhadores portuários paranaenses receberam a primeira dose da vacina contra o coronavírus, no Paraná. A vacinação, em tempo recorde, priorizou os funcionários que atuam a bordo dos navios, costado e faixa portuária. O número de doses superou total enviado pelo Ministério da Saúde e será necessário aguardar o envio de novo lote para que a vacinação seja retomada.

Somente neste domingo (30), 3.062 profissionais foram imunizados pela Secretaria Municipal de Saúde de Paranaguá. Organizados em cinco grupos, com o apoio do Comitê de Enfrentamento à Covid-19, da Portos do Paraná, das 11h da última sexta-feira (28), até às 18h de hoje (30), 9.110 trabalhadores receberam a vacina, no município. O número representa aproximadamente 6% da população da cidade.

Em Antonina, foram 690 portuários imunizados com a primeira dose, nessa primeira remessa.

“Isso nos traz um conforto, uma alegria. Só que a gente sabe que as medidas de segurança precisam continuar a ser seguidas. Por isso, continuaremos adotando todas as práticas iniciadas em março do ano passado. A vacina é mais um fator de segurança para os trabalhadores que seguem na faixa portuária, essenciais para a continuidade dos serviços”, afirma o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

O prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque, disse na tarde deste domingo (30) que nova remessa de vacinas é esperada para dar continuidade à imunização dos demais portuários. “Agora precisamos aguardar a chegada de mais doses para continuar a imunização dos trabalhadores portuários. Nosso intuito é vacinar 100%”, afirmou o prefeito em suas redes sociais.

PRÓXIMOS – O Comitê de Enfrentamento à Covid-19, da empresa pública, seguirá reunido ao longo da semana para fazer um balanço, junto aos municípios, quanto aos imunizados, segundo a listagem dos cinco grupos pré-organizados.

“Trabalhamos incansavelmente, ao longo da última semana, e assim seguiremos para garantir que todos que estejam aptos a essa etapa de priorização dos planos Nacional e Estadual de vacinação recebam os imunizantes”, afirma o diretor de Meio Ambiente da Portos do Paraná, João Paulo Ribeiro Santana.

Segundo ele, assim que nova remessa chegar, a organização dos trabalhadores estará garantida, para facilitar o trabalho do município. “Temos muito a agradecer à equipe da Prefeitura, da Secretaria Municipal de Saúde, que se esforçaram muito para que essa etapa da imunização acontecesse com organização e segurança”, completa.

 

Fonte: Portos do Paraná