Marcon Logística Portuária

Portos do Paraná mantêm cuidado com o Meio Ambiente

A pandemia da COVID-19 não prejudicou as operações nos Portos do Paraná e o cuidado com o Meio Ambiente continua. Todos os programas que envolvem as licenças para o funcionamento dos portos de Paranaguá e Antonina foram mantidos e, nas últimas semanas, a empresa pública que administra a atividade portuária no Estado realizou uma série de ações de cuidado com a vida marinha.

“O trabalho é intenso e estamos na 27ª campanha voltada para a biota aquática. São atividades periódicas e regulares com monitoramento de organismos que vivem no complexo estuarino de Paranaguá, análise de sedimentos, qualidade da água, além de coletas nos manguezais e identificação de aves, botos e tartarugas”, conta o diretor de meio Ambiente, João Paulo Ribeiro Santana.

Em agosto, foram feitas 80 coletas de plânctons, em 16 pontos das baias de Paranaguá e Antonina. As equipes realizaram mais de 30 horas de atividade, que incluem também a análise das espécies que vivem em costões rochosos, trapiches e estruturas artificiais.

Outras 100 horas de atividades, foram destinadas à coleta e análise de organismos que vivem associados ao sedimento do fundo do mar. Foram retiradas 48 amostras, em 16 pontos da área de abrangência dos portos paranaenses.

Nesta atividade, é usado um arrasto duplo para capturar diversos tipos de peixes e fauna. Os peixes cartilaginosos, raias e outros animais, capturados, são fotografados, medidos e soltos. A malha amostral têm nove pontos, sendo três em mar aberto.

MANGUE: Os manguezais de Amparo, Imbocuí e Oceania são monitorados com frequência. As coletas ocorrem trimestralmente e, em cada ponto, é feita a coleta manual dos indivíduos presentes no sedimento, em um espaço delimitado de 1m². Também são realizados censos de tocas de caranguejo e coletadas espécies presentes nas árvores, troncos e raízes.

Para completar, em quatro pontos amostrais, durante a maré baixa, foram coletados 20 indivíduos de berbigão, manualmente. Todos são enviados para análise de agentes contaminantes, em laboratório.

OUTROS ANIMAIS: Navegando de leste a oeste nas baías, os biólogos contratados pela Portos do Paraná também monitoram botos e tartarugas. Em mar aberto e na área interna da baía de Paranaguá, os indivíduos são contabilizados e registrados, sendo possível até sua identificação. Até o momento, foram observadas duas espécies: Sotalia guianensis (boto-cinza) e Chelonia mydas (tartaruga-verde).

No céu, os profissionais identificam aves, por meio de contatos visuais e auditivos, com o auxílio de binóculos e máquina fotográfica digital. O trajeto pelo mar envolve um percurso de 50 quilômetros entre Paranaguá e Antonina, em velocidade constante, onde os pássaros são identificados e contados.

 

Fonte: Portos do Paraná

}

09.29.2020

Em Destaque

Relacionados

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

jun 18 2024

Paraná exporta US$ 9,52 bilhões nos cinco primeiros meses de 2024

As exportações paranaenses somaram US$ 9,52 bilhões (R$ 51 bilhões na cotação atual) entre janeiro a maio de 2024, consolidando o Estado como o...
jun 17 2024

Portos do Paraná estreita ligação com dirigentes e investidores espanhóis

Empresa pública participou de intercâmbio no país europeu que contou com jornadas empresariais e visitas a instalações portuárias em Madri, Valência...
jun 14 2024

Balança comercial tem superávit de US$ 8,534 bi em maio

A queda de preços da soja e do minério de ferro fez o superávit da balança comercial cair em maio. No mês passado, o país exportou US$ 8,534 bilhões...
jun 13 2024

Argentina suspende antidumping sobre exportações brasileiras de talheres de aço inoxidável com cabo de madeira ou plástico

O governo do Brasil recebeu com satisfação a decisão do governo da República Argentina de suspender a medida antidumping aplicada às exportações...
jun 12 2024

Volume de soja exportada cai 13,6% em maio, e envios de carne bovina sobem 26%

O Brasil exportou 13,450 milhões de toneladas de soja em grão em maio, 13,69% a menos do que os 15,584 milhões de toneladas de igual período de...
jun 11 2024

Brasil faz acordo com China que pode aumentar exportação de café

O vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Geraldo Alckmin, assinou nesta quarta-feira (5)...
jun 10 2024

Brasil usa presidência do G20 para propor mudanças nas regras do comércio agrícola entre países

Nas discussões do G20, o grupo que reúne as maiores economias do mundo, o Brasil tem proposto ajustes no equilíbrio entre a expansão do comércio...
jun 07 2024

Mapa encerra maio com recorde histórico de aberturas de mercados para o mês

O mês de maio deste ano se encerra como o melhor maio da série histórica em termos de novos acordos comerciais no mercado mundial para produtos do...
jun 06 2024

Exportações do Brasil para os EUA superam os 12 bilhões de dólares no ano

O governo realizou, nesta semana, um seminário para marcar os “200 anos de amizade Brasil-Estados Unidos”. No encontro, a secretária de Comércio...
jun 05 2024

Com evolução de 34%, Paraná deve colher 646 mil toneladas de feijão em 2024

As condições climáticas têm refletido nas produções agrícolas de praticamente todo o País, e no Paraná também reduziram o potencial. Mesmo assim, em...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes