Marcon Logística Portuária

Plano de Descarbonização da Portos do Paraná começa com apresentação da Valenciaport

A comunidade portuária de Paranaguá e Antonina conheceu nesta semana as etapas de elaboração do Plano de Descarbonização da Portos do Paraná, que está sendo desenvolvido pela Fundación Valenciaport. As premissas do documento foram apresentadas em uma reunião realizada no Palácio Taguaré, em Paranaguá, com a participação de dirigentes da Portos do Paraná e representantes de arrendatários, operadores e empresas de logística portuária que operam nos dois portos.

Com expectativa de conclusão em 20 meses, o projeto tem como principais objetivos calcular as emissões de CO2 em todas as logísticas portuárias executadas no litoral paranaense e o desenvolvimento de estratégias de descarbonização em conjunto com as áreas portuárias.

A Fundación Valenciaport é um centro de pesquisa de Valência, na Espanha, reconhecida internacionalmente pela atuação nos temas de inovação e gestão aplicadas à logística portuária, com projetos em mais de 60 países. A parceria entre a Portos do Paraná e a instituição espanhola começou com um termo de cooperação técnica assinado em 2020.

“Somos demandados por clientes internacionais, principalmente europeus, sobre qual é a nossa pegada de carbono e, hoje, grandes multinacionais já trabalham com essa perspectiva. Nós, da Portos do Paraná e o Porto de Itaqui, no Maranhão, estamos liderando no País essa iniciativa de descarbonização com acompanhamento e parceria da Fundación Valenciaport”, explicou o diretor-presidente da empresa pública, Luiz Fernando Garcia.

“Também fazemos parte da Aliança Brasileira para Descarbonização de Portos, que busca a troca de experiências e de informações para acelerar o processo de redução da emissão dos gases de efeito estufa do setor portuário brasileiro”, enfatizou Garcia.  Além disso, a Portos do Paraná atua em cooperação com o Governo do Paraná em ações alinhadas aos Objetivos do Desenvolvimento de Sustentável (ODS) da ONU.

O diretor de Transição Energética e Sustentabilidade da  Fundación Valenciaport, Josep Sanz Argent, o diretor de Projetos e consultor de Inovação e Estratégia Portuária da entidade, Jonas Mendes Constante, e a consultora sênior Jussara Neto Mendes apresentaram os principais objetivos do plano, além do case em andamento de descarbonização do Porto de Valência. A missão é zerar as emissões até 2030.

“O primeiro dia de visitas da equipe da Fundación Valenciaport para apresentar o plano foi muito importante porque a gente percebeu uma adesão massiva da comunidade portuária. Foi a oportunidade de eles compreenderem quais serão as demandas após essa semana de visitas técnicas da instituição espanhola”, comentou o diretor de Meio Ambiente da Portos do Paraná, João Paulo Santana.

Agora a equipe da instituição vai visitar as empresas e terminais da comunidade portuária, apresentar as demandas de informação que precisam para a metodologia, e apresentar o cálculo da pegada de carbono. As visitas técnicas aos portos paranaenses seguem até sexta-feira (24).

 

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

}

05.28.2024

Em Destaque

Relacionados

MDIC lança manual sobre Regras de Origem para importações

A Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (Secex-MDIC) lançou na terça-feira (14/5) um manual sobre Regras de Origens aplicadas a produtos importados. Trata-se de uma ferramenta abrangente e de fácil acesso,...

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

jun 18 2024

Paraná exporta US$ 9,52 bilhões nos cinco primeiros meses de 2024

As exportações paranaenses somaram US$ 9,52 bilhões (R$ 51 bilhões na cotação atual) entre janeiro a maio de 2024, consolidando o Estado como o...
jun 17 2024

Portos do Paraná estreita ligação com dirigentes e investidores espanhóis

Empresa pública participou de intercâmbio no país europeu que contou com jornadas empresariais e visitas a instalações portuárias em Madri, Valência...
jun 14 2024

Balança comercial tem superávit de US$ 8,534 bi em maio

A queda de preços da soja e do minério de ferro fez o superávit da balança comercial cair em maio. No mês passado, o país exportou US$ 8,534 bilhões...
jun 13 2024

Argentina suspende antidumping sobre exportações brasileiras de talheres de aço inoxidável com cabo de madeira ou plástico

O governo do Brasil recebeu com satisfação a decisão do governo da República Argentina de suspender a medida antidumping aplicada às exportações...
jun 12 2024

Volume de soja exportada cai 13,6% em maio, e envios de carne bovina sobem 26%

O Brasil exportou 13,450 milhões de toneladas de soja em grão em maio, 13,69% a menos do que os 15,584 milhões de toneladas de igual período de...
jun 11 2024

Brasil faz acordo com China que pode aumentar exportação de café

O vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Geraldo Alckmin, assinou nesta quarta-feira (5)...
jun 10 2024

Brasil usa presidência do G20 para propor mudanças nas regras do comércio agrícola entre países

Nas discussões do G20, o grupo que reúne as maiores economias do mundo, o Brasil tem proposto ajustes no equilíbrio entre a expansão do comércio...
jun 07 2024

Mapa encerra maio com recorde histórico de aberturas de mercados para o mês

O mês de maio deste ano se encerra como o melhor maio da série histórica em termos de novos acordos comerciais no mercado mundial para produtos do...
jun 06 2024

Exportações do Brasil para os EUA superam os 12 bilhões de dólares no ano

O governo realizou, nesta semana, um seminário para marcar os “200 anos de amizade Brasil-Estados Unidos”. No encontro, a secretária de Comércio...
jun 05 2024

Com evolução de 34%, Paraná deve colher 646 mil toneladas de feijão em 2024

As condições climáticas têm refletido nas produções agrícolas de praticamente todo o País, e no Paraná também reduziram o potencial. Mesmo assim, em...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes