Passagem da imagem peregrina marca preparativos para o início da Festa Estadual e também leva mensagem de fé, esperança e harmonia para trabalhadores portuários

Um momento de fé, de esperança e de muita harmonia marcou a passagem da imagem de Nossa Senhora do Rocio pelo Porto de Paranaguá nesta quarta-feira, dia 3. Como já é tradicional, a Padroeira do Paraná visitou as instalações portuárias e abençoou mais uma vez trabalhadores, dirigentes e operadores, independente da fé de pessoal de cada um. A visita faz parte dos preparativos para a Festa Estadual que vai de 6 a 16 de novembro no Santuário.

“É sempre uma satisfação para nós porque somos vizinhos do Santuário de Nossa Senhora do Rocio e hoje é o início da peregrinação da Imagem pela área portuária, então é sempre uma satisfação, um momento de fé e de benção e bom que todos nós, de coração aberto, estamos contentes e felizes com mais um ano de bênçãos renovadas”, destacou Luiz Fernando Garcia, presidente da Portos do Paraná.

De acordo com ele, independente da fé de cada, é sempre importante receber bênçãos que fazem o Porto cada vez mais ser reconhecido por sua eficiência. “O Estado é laico, mas estamos abertos a todos os desejos de boa saúde, de prosperidade, de proteção e nós e todos os familiares, então é uma alegria enorme e mais um ano se concretiza isso. Nossa Senhora do Rocio nos abençoa diariamente e cada ano nos enchemos de esperança para que um mundo melhor aconteça, a pandemia se dissolva e assim sigamos as nossas vidas”, apontou.

Para o bispo Dom Edmar Peron, Nossa Senhora do Rocio é a mãe que traz esperança a todos. “Quando chega a imagem, chega a mãe e num período difícil pelo qual estamos passando reconhecer que tem uma mãe que está perto, que cuida da gente acredito que é levar um pouco de esperança a esses ambientes”, disse.

Reitor do Santuário de Nossa Senhora do Rocio, o padre Dirson Gonçalves, lembrou da harmonia que existe com o Porto. “Esse momento de união entre Porto e Santuário é muito valioso, é uma coisa divina mesmo porque a gente sabe da importância do Porto para o Paraná, para o Brasil e para o mundo inteiro e o Santuário também tem uma grande importância porque ali está a imagem da Padroeira do Paraná inteiro”, avaliou.

A imagem peregrina passou pelos Palácios Taguaré e Dom Pedro II com direito a uma benção geral bem como pela faixa portuária desde o berço 201 (vizinho do Santuário) até o 218 (próximo da Ilha da Cotinga). “Eu agradeço a acolhida do Porto com o Santuário e o respeito por essa realidade religiosa e foi um momento especial, emocionante, bonito e que valeu a pena”, finalizou o padre Dirson.

 

Fonte: Portos do Paraná