Marcon Logística Portuária

No G20, Brasil defende agenda sustentável e fortalecimento da OMC

O fortalecimento da Organização Mundial do Comércio (OMC), a inclusão de empresas de menor porte no comércio internacional, a promoção de uma agenda sustentável e a discussão sobre barreiras protecionistas foram destaques da participação brasileira na reunião de ministros de Comércio do G20, encerrada na sexta-feira (25/9) em Jaipur, na Índia.

O Brasil assume a presidência do G20 em 2024, quando deve intensificar o debate sobre esses temas. No encontro de Jaipur, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) foi representado pelo secretário executivo da pasta, Márcio Elias Rosa, que chefiou a delegação. Ele defendeu as posições brasileiras também nas conversas bilaterais com representantes de diversos países e na reunião com o B20 – fórum empresarial realizado após o governamental, em Nova Delhi.

Nos encontros, foram reafirmados os compromissos do Brasil com o desmatamento zero até 2030 e a neutralidade na emissão de carbono até 2050. A transição energética e o potencial do Brasil nessa área foram temas recorrentes nas conversas, já que o país possui grande potencial para atração de investimentos que demandam energia limpa. “O Brasil oferece hoje estabilidade política e perspectivas concretas de crescimento”, afirmou Elias Rosa ao jornal Valor Econônimo.

Ele também reforçou a necessidade de maior debate sobre o protecionismo.  “É preciso discutir seriamente a constituição de barreiras ao comércio e medidas protecionistas. Não basta anunciar que a medida tem objetivo ambiental.”

Setor privado

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) mobilizou o setor privado brasileiro para o encontro com o B20. “A participação do setor privado é fundamental para o sucesso do G20 na área do comércio internacional”, destacou a secretária de Comércio Exterior do MDIC, Tatiana Prazeres, que fez parte da delegação brasileira na Índia. Ela ressaltou a boa receptividade das teses brasileiras nos dois fóruns.

Encerrando as agendas bilaterais, Elias Rosa reuniu-se na sexta-feira com o vice-ministro de Comércio da Austrália, Tim Ayres, e com o ministro de Comércio dos Emirados Árabes Unidos, Thani Ahmed Al Zeyoudi, com quem tratou de investimentos no Brasil e da próxima Conferência Ministerial da OMC, que será realizada em Abu Dhabi.

Sobre a participação do Brasil na reunião do G20, o secretário executivo destacou ainda entendimentos sobre temas como digitalização de operações, no qual o Brasil tem promovido avanços em várias áreas, entre elas o Portal Único do Comércio Exterior.

 

Fonte: MDIC

}

09.04.2023

Em Destaque

Relacionados

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

fev 22 2024

Paraná é o terceiro estado que mais exporta carne de peru, aponta boletim do Deral

As exportações nacionais de carne de peru alcançaram 69.644 toneladas em 2023 e geraram receita de aproximadamente US$ 200,568 milhões. O Paraná é o...
fev 21 2024

Comércio Brasil-China inicia 2024 com fortes altas nas exportações e importações

O comércio entre o Brasil e a China teve um início de ano marcado pelo expressivo aumento de 53,7% nas exportações brasileiras, que somaram US$...
fev 20 2024

Brasil e Egito fortalecem relações comerciais para exportação de carnes com facilitações

Com a confirmação da missão do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao Egito nesta semana, o Ministério da Agricultura e Pecuária do...
fev 19 2024

Importação cresce ao maior patamar em 20 anos e indústria corre ao governo por proteção comercial

As importações alcançaram participação inédita no mercado da indústria em, pelo menos, 20 anos e provocaram uma corrida das empresas ao governo por...
fev 16 2024

Com alta da soja, Paraná registra maior volume de exportações para janeiro da história

Com US$ 1,82 bilhão em receitas obtidas com vendas para o mercado internacional em janeiro, o Paraná registrou em 2024 o maio volume de exportações...
fev 15 2024

Conab: colheita de grãos da safra 23/24 será menor do que o estimado

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima que a colheita de grãos na safra 2023/2024 será 6% inferior ao volume colhido no período...
fev 14 2024

Portos do Paraná ultrapassa 65 milhões de toneladas movimentadas em 2023

A Portos do Paraná bateu um novo recorde de movimentação no ano de 2023, ultrapassando a marca de 65 milhões de toneladas. O anúncio do recorde...
fev 13 2024

Balança comercial tem superávit de US$ 6,527 bilhões em janeiro

Beneficiada pela queda nas importações de combustíveis, compostos químicos e pela safra recorde de soja e de café, a balança comercial – diferença...
fev 12 2024

Meganavio faz única escala no Porto de Paranaguá

O Porto de Paranaguá recebeu nesta quarta-feira (07) o meganavio MSC Elisa XIII, do armador Mediterranean Shipping Company (MSC) que fez uma escala...
fev 09 2024

Empresas apoiadas pela ApexBrasil exportaram US$ 140,7 bilhões em 2023

O ano de 2023 foi de recordes históricos para o comércio exterior brasileiro e para a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes