Marcon Logística Portuária

No G20, Brasil defende agenda sustentável e fortalecimento da OMC

O fortalecimento da Organização Mundial do Comércio (OMC), a inclusão de empresas de menor porte no comércio internacional, a promoção de uma agenda sustentável e a discussão sobre barreiras protecionistas foram destaques da participação brasileira na reunião de ministros de Comércio do G20, encerrada na sexta-feira (25/9) em Jaipur, na Índia.

O Brasil assume a presidência do G20 em 2024, quando deve intensificar o debate sobre esses temas. No encontro de Jaipur, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) foi representado pelo secretário executivo da pasta, Márcio Elias Rosa, que chefiou a delegação. Ele defendeu as posições brasileiras também nas conversas bilaterais com representantes de diversos países e na reunião com o B20 – fórum empresarial realizado após o governamental, em Nova Delhi.

Nos encontros, foram reafirmados os compromissos do Brasil com o desmatamento zero até 2030 e a neutralidade na emissão de carbono até 2050. A transição energética e o potencial do Brasil nessa área foram temas recorrentes nas conversas, já que o país possui grande potencial para atração de investimentos que demandam energia limpa. “O Brasil oferece hoje estabilidade política e perspectivas concretas de crescimento”, afirmou Elias Rosa ao jornal Valor Econônimo.

Ele também reforçou a necessidade de maior debate sobre o protecionismo.  “É preciso discutir seriamente a constituição de barreiras ao comércio e medidas protecionistas. Não basta anunciar que a medida tem objetivo ambiental.”

Setor privado

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) mobilizou o setor privado brasileiro para o encontro com o B20. “A participação do setor privado é fundamental para o sucesso do G20 na área do comércio internacional”, destacou a secretária de Comércio Exterior do MDIC, Tatiana Prazeres, que fez parte da delegação brasileira na Índia. Ela ressaltou a boa receptividade das teses brasileiras nos dois fóruns.

Encerrando as agendas bilaterais, Elias Rosa reuniu-se na sexta-feira com o vice-ministro de Comércio da Austrália, Tim Ayres, e com o ministro de Comércio dos Emirados Árabes Unidos, Thani Ahmed Al Zeyoudi, com quem tratou de investimentos no Brasil e da próxima Conferência Ministerial da OMC, que será realizada em Abu Dhabi.

Sobre a participação do Brasil na reunião do G20, o secretário executivo destacou ainda entendimentos sobre temas como digitalização de operações, no qual o Brasil tem promovido avanços em várias áreas, entre elas o Portal Único do Comércio Exterior.

 

Fonte: MDIC

}

09.04.2023

Em Destaque

Relacionados

Agronegócio exporta US$ 15,20 bi em junho e US$ 82,39 bi no semestre

As vendas externas brasileiras de produtos do agronegócio foram de US$ 15, 20 bilhões em junho de 2024 , um aumento do valor das exportações comparado ao mês de maio/2024 , que atingiu 15,02 bilhões. As exportações brasileiras de grãos subiram de 14,96 milhões de...

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

jul 23 2024

Operações de Sucesso: Marcon Logística Portuária em Destaque

No último final de semana, a Marcon Logística Portuária mostrou mais uma vez sua eficiência e capacidade ao conduzir operações em dois navios RORO...
jul 23 2024

Agronegócio exporta US$ 15,20 bi em junho e US$ 82,39 bi no semestre

As vendas externas brasileiras de produtos do agronegócio foram de US$ 15, 20 bilhões em junho de 2024 , um aumento do valor das exportações...
jul 22 2024

Portos do Paraná registram recorde histórico de movimentação mensal

Os portos paranaenses alcançaram uma nova marca histórica de movimentação. Ao todo, 6.582.670 de toneladas foram movimentadas em junho deste ano,...
jul 19 2024

Abertura do mercado cubano para exportação de quatro produtos do agronegócio brasileiro

O governo brasileiro recebeu com satisfação o anúncio, pelo governo de Cuba, da autorização para que o Brasil exporte os seguintes produtos para...
jul 18 2024

Camex mantém elevação de tarifas de importação de resíduos sólidos

Em 18% desde julho do ano passado, as tarifas de importação para resíduos de papel, plástico e vidro permanecerão nesse nível por mais um ano,...
jul 17 2024

Carteira de exportação do BNDES aprova volume 135% maior de créditos em 2024

O valor das aprovações de crédito para a linha BNDES EXIM Pré-Embarque, que financia as exportações de empresas nacionais, cresceu 135% no primeiro...
jul 16 2024

Exportações do Paraná para Ásia, África e Oriente Médio batem recorde no 1º semestre

O Paraná obteve no 1º semestre de 2024 o seu melhor desempenho nas vendas para os mercados do Oriente Médio, África e Sudeste Asiático , com maior...
jul 15 2024

Mercosul e Emirados Árabes Unidos iniciam negociações de um acordo de livre comércio

Representantes dos países membros do Mercosul e dos Emirados Árabes Unidos se reuniram em Assunção, entre os dias 2 e 4 de julho, e formalizaram  o...
jul 12 2024

Receita Federal aprimora Programa OEA-Integrado para facilitar operações internacionais

A Receita Federal do Brasil (RFB) publicou a Portaria RFB nº 435, de 2 de julho de 2024, que estabelece novas regras para a participação de órgãos e...
jul 11 2024

Brasil e Palestina firmam acordo de livre comércio no âmbito do Mercosul

Em 3 de julho de 2024, o Brasil depositou sua carta de ratificação ao Acordo de Livre Comércio entre o Mercosul e o Estado da Palestina. A carta foi...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes