Marcon Logística Portuária

Em volume e quantidade, movimento para abastecer navios cresce no Porto de Paranaguá

A quantidade de navios que chegam para abastecimento se destaca na programação operacional da Portos do Paraná. O serviço tem aumentado em volume e número de procedimentos. No último mês de janeiro, 50 embarcações abasteceram no Porto de Paranaguá, com um total de 27.737 toneladas de combustível. No mesmo período, no ano passado, foram 30 navios e 16 mil toneladas fornecidas.

A expectativa é que o movimento siga crescendo. Em fevereiro de 2021, 47 navios abasteceram no porto paranaense. Este mês, no entanto, deve fechar com o fornecimento de combustível a 69 embarcações. O fornecimento de combustível no Porto de Paranaguá chama atenção do mercado pela qualidade, segurança e eficiência nesse serviço de apoio.

Segundo o diretor de Operações, Luiz Teixeira da Silva Júnior, na região Sul do Brasil apenas o porto paranaense e Rio Grande fornecem o “bunker”, como é chamado o produto usado para abastecer as embarcações, VLSFO 0,5% (óleo combustível com baixo teor de enxofre, 0,5%). “Além de ser considerada um comércio de exportação, no caso do combustível a operação movimenta a economia local com a aquisição de suprimentos e geração de impostos para a região”, afirma.

Entre os que solicitam programação para abastecimento no Porto de Paranaguá, estão navios que já operam em terminais paranaenses ou embarcações que chegam apenas para “bunker”. Nos portos do Paraná, a Petrobras é a única fornecedora de combustível para o abastecimento de navios. A empresa que presta esse serviço para a estatal brasileira é a Navemestra, do Grupo Bravante.

SERVIÇO – Durante todo o ano de 2021, 714 navios abasteceram no Porto de Paranaguá, dois a mais que no ano anterior. Em volume foram 364.294,6 toneladas de combustível fornecido. Deste total, cerca de 10% das embarcações vêm somente para bunker.

“A pandemia está mais controlada e o mercado externo aquecido, o que tem movimentado muito a operação. Quando a operação portuária aumenta, também aumenta a demanda por serviços. Esperamos recuperar bem o movimento em 2022”, diz o coordenador de Base e Operações da empresa em Paranaguá, Fabiano da Silva Leal.

Sobre a qualidade do produto ofertado no porto paranaense, Leal diz que é o que tem sido determinante para a opção dos armadores ou agências por pegar “bunker” em Paranaguá. “É de melhor qualidade o produto ofertado aqui”, diz.

ABASTECIMENTO – O abastecimento em Paranaguá é executado por duas barcaças com capacidade para carregar até 1.450 toneladas de combustível. Pode ser feito com as embarcações atracadas (no cais) ou fundeadas (na área de fundeio específica). A operação é segura, realizada com barreiras de contenção para evitar qualquer ocorrência perigosa.

O trabalho é feito por sete marinheiros devidamente qualificados. Com mais de dez anos de experiência nesse tipo de atividade, eles passam por treinamentos e capacitação periódicos. Em média, a empresa faz de 50 até 90 abastecimentos de navios por mês, que ocorrem dentro de uma área limite, de mar mais calmo, com menos trânsito de embarcações. Na Baía de Paranaguá o limite fica próximo à Ilha das Cobras.

 

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

}

03.11.2022

Em Destaque

Relacionados

O futuro da reforma tributária nas importações e exportações

A tão comentada reforma tributária tem como principal premissa simplificar a cobrança de impostos no Brasil. A proposta está prestes a entrar em sua primeira fase e terá sua implementação conduzida de forma gradual, mas já vem ganhando diversas abordagens sobre seus...

Brasil fecha novas vendas para Austrália e Costa Rica

O Ministério da Agricultura e Pecuária informou que o governo da Austrália aprovou a importação de pescados do Brasil, enquanto o governo da Costa Rica aprovou o ingresso de produtos à base de células-tronco mesenquimais (cães, gatos e equinos) com fins terapêuticos....

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

mar 01 2024

Stand da Portos do Paraná na 28ª edição da Intermodal South America terá alta tecnologia

A Portos do Paraná, empresa pública que administra os portos de Paranaguá e Antonina, oferecerá uma ampla estrutura para os visitantes da 28ª edição...
fev 29 2024

O futuro da reforma tributária nas importações e exportações

A tão comentada reforma tributária tem como principal premissa simplificar a cobrança de impostos no Brasil. A proposta está prestes a entrar em sua...
fev 28 2024

Brasil fecha novas vendas para Austrália e Costa Rica

O Ministério da Agricultura e Pecuária informou que o governo da Austrália aprovou a importação de pescados do Brasil, enquanto o governo da Costa...
fev 27 2024

Colheita atípica em janeiro no Paraná levou a aumento de 282% nas exportações de soja

A acelerada colheita de soja em janeiro deste ano, o que não é comum para o período, levou a um aumento expressivo no volume de produtos do complexo...
fev 26 2024

ESG e sustentabilidade são os focos da Portos do Paraná na 28ª Intermodal

A busca por uma agenda sustentável também inclui ações no próprio stand do evento Entre os dias 05 e 07 de março, a Portos do Paraná irá participar...
fev 23 2024

Balança comercial tem saldo positivo de US$ 1,996 bi até a segunda semana de fevereiro

Na 2ª semana de fevereiro de 2024, a balança comercial registrou superávit de US$ 1,78 bilhão e corrente de comércio de US$ 10,915 bilhões,...
fev 22 2024

Paraná é o terceiro estado que mais exporta carne de peru, aponta boletim do Deral

As exportações nacionais de carne de peru alcançaram 69.644 toneladas em 2023 e geraram receita de aproximadamente US$ 200,568 milhões. O Paraná é o...
fev 21 2024

Comércio Brasil-China inicia 2024 com fortes altas nas exportações e importações

O comércio entre o Brasil e a China teve um início de ano marcado pelo expressivo aumento de 53,7% nas exportações brasileiras, que somaram US$...
fev 20 2024

Brasil e Egito fortalecem relações comerciais para exportação de carnes com facilitações

Com a confirmação da missão do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao Egito nesta semana, o Ministério da Agricultura e Pecuária do...
fev 19 2024

Importação cresce ao maior patamar em 20 anos e indústria corre ao governo por proteção comercial

As importações alcançaram participação inédita no mercado da indústria em, pelo menos, 20 anos e provocaram uma corrida das empresas ao governo por...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes