Marcon Logística Portuária

De petróleo a carnes, o que fez o Brasil ter exportações recordes de commodities em 2023

O Brasil registrou exportações recordes em 2023 para várias commodities, como petróleo, soja, milho, farelo de soja, açúcar, carne bovina e de frango, em meio a produções recordes e firme demanda externa, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) divulgados nesta sexta-feira.

Os números de dezembro também ressaltaram uma exportação mensal recorde de minério de ferro do país, com 39,65 milhões de toneladas, alta de 24% ante o mesmo mês do ano anterior, enquanto no ano os embarques desta commodity tiveram o maior volume em cinco anos.

As exportações de commodities deram impulso importante para o resultado recorde do superávit comercial brasileiro em 2023, com quase 100 bilhões de dólares.

Em 2023, as exportações de soja, principal produto de exportação do Brasil, confirmaram recorde, somando de 101,9 milhões de toneladas, alta de 29,4%, com receitas de 53,2 bilhões de dólares (+14,4).

Já os embarques de petróleo brasileiro em 2023 totalizaram um recorde de 81,8 milhões de toneladas, em linha com o avanço da produção do Brasil no pré-sal, com crescimento de 19,1%. O faturamento com as vendas externas do produto somou 42,5 bilhões de dólares, praticamente estável ante 2022.

Em 2023, os embarques de minério de ferro do Brasil alcançaram 378,5 milhões de toneladas, alta anual de 10% e o maior patamar desde as 389,8 milhões de toneladas registradas em 2018, antes do desastre com uma barragem da Vale em Brumadinho (MG), em 2019, o que impactou a produção da mineradora.

No ano passado, o Brasil exportou 31,4 milhões de toneladas de açúcar, um novo recorde com alta de 15% ante 2022, apagando máxima histórica registrada em 2020.

As exportações de milho confirmaram um recorde anual de 55,9 milhões de toneladas, com alta de 29,4%, enquanto os embarques de carnes bovina e de aves, notadamente frango, tiveram máximas histórias em volumes também em 2023.

No caso da carne bovina, o setor superou 2 milhões de toneladas pela primeira vez em um ano, ainda que o faturamento tenha ficado 19,6% abaixo do ano passado. Nas aves, os embarques somaram cerca de 4,8 milhões de toneladas, com alta de 8,4%.

No farelo de soja, a exportação atingiu 23,3 milhões de toneladas, avanço anual de 11%.

DEZEMBRO

Os embarques de minério de ferro registrados no mês passado apagaram a melhor marca anterior do país para este produto, vista em dezembro de 2015, segundo a série histórica da Secex, iniciada em 1997.

Mineradoras como a Vale podem ter aproveitado os preços mais altos da commodity, que atingiram em dezembro os preços mais altos desde abril de 2022 na bolsa de referência de Cingapura. No início deste ano, o produto vem sendo cotado próximo de 140 dólares a tonelada no mercado asiático.

Somente em dezembro, as exportações de minério de ferro do Brasil somaram 3,5 bilhões de dólares, alta de quase 70% na comparação anual, enquanto no ano atingiram 30,5 bilhões de dólares, alta de 5,5%.

Segundo dados da Secex, o preço médio do minério exportado pelo Brasil no mês passado ficou em 88,5 dólares por tonelada (base FOB), alta de 36,6% na comparação com dezembro de 2022.

A faturamento com as vendas de minério de ferro ficaram praticamente no mesmo patamar dos embarques de petróleo, outro destaque da balança comercial em dezembro, com 3,5 bilhões de dólares, ainda que tenha recuado cerca de 1 bilhão de dólares na comparação anual devido a menores volumes e preços.

Já as exportações de soja ficaram em quase 2 bilhões de dólares em dezembro, patamar abaixo dos picos mensais, já que os volumes exportados caem no final do ano com a menor oferta de produto, antes da entrada da nova safra.

Ainda assim, após a colheita de uma safra recorde em 2023, o Brasil foi capaz de dobrar os embarques de soja em dezembro, com resultados semelhantes em receitas.

Outro resultado forte mensal foi o do açúcar, cuja exportação atingiu o maior volume do ano em dezembro, com embarques de 3,85 milhões de toneladas, alta anual de 75%, à medida que o país tem escoado uma produção recorde.

A marca registrada em dezembro para o açúcar também configura-se como a mais alta para o produto desde outubro de 2020 (3,95 milhões de toneladas), segundo dados da Secex.

No café verde, o Brasil o desempenho anual ficou aquém de anos anteriores. Mas o país embarcou 243,56 mil toneladas em dezembro, o equivalente a mais de 4 milhões de sacas de 60 kg, total próximo do resultado de outubro, quando foi visto o maior patamar de exportações dessa commodity em quase três anos.

Veja outros números das exportações de commodities do Brasil em dezembro (em milhões de toneladas):

 

Fonte: Info Money

}

01.09.2024

Em Destaque

Relacionados

Balança comercial tem superávit de US$ 8,534 bi em maio

A queda de preços da soja e do minério de ferro fez o superávit da balança comercial cair em maio. No mês passado, o país exportou US$ 8,534 bilhões a mais do que importou, divulgou nesta quinta-feira (6) o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços...

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

jun 17 2024

Portos do Paraná estreita ligação com dirigentes e investidores espanhóis

Empresa pública participou de intercâmbio no país europeu que contou com jornadas empresariais e visitas a instalações portuárias em Madri, Valência...
jun 14 2024

Balança comercial tem superávit de US$ 8,534 bi em maio

A queda de preços da soja e do minério de ferro fez o superávit da balança comercial cair em maio. No mês passado, o país exportou US$ 8,534 bilhões...
jun 13 2024

Argentina suspende antidumping sobre exportações brasileiras de talheres de aço inoxidável com cabo de madeira ou plástico

O governo do Brasil recebeu com satisfação a decisão do governo da República Argentina de suspender a medida antidumping aplicada às exportações...
jun 12 2024

Volume de soja exportada cai 13,6% em maio, e envios de carne bovina sobem 26%

O Brasil exportou 13,450 milhões de toneladas de soja em grão em maio, 13,69% a menos do que os 15,584 milhões de toneladas de igual período de...
jun 11 2024

Brasil faz acordo com China que pode aumentar exportação de café

O vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Geraldo Alckmin, assinou nesta quarta-feira (5)...
jun 10 2024

Brasil usa presidência do G20 para propor mudanças nas regras do comércio agrícola entre países

Nas discussões do G20, o grupo que reúne as maiores economias do mundo, o Brasil tem proposto ajustes no equilíbrio entre a expansão do comércio...
jun 07 2024

Mapa encerra maio com recorde histórico de aberturas de mercados para o mês

O mês de maio deste ano se encerra como o melhor maio da série histórica em termos de novos acordos comerciais no mercado mundial para produtos do...
jun 06 2024

Exportações do Brasil para os EUA superam os 12 bilhões de dólares no ano

O governo realizou, nesta semana, um seminário para marcar os “200 anos de amizade Brasil-Estados Unidos”. No encontro, a secretária de Comércio...
jun 05 2024

Com evolução de 34%, Paraná deve colher 646 mil toneladas de feijão em 2024

As condições climáticas têm refletido nas produções agrícolas de praticamente todo o País, e no Paraná também reduziram o potencial. Mesmo assim, em...
jun 04 2024

BNDES reduz de novo juros de linha especial para exportações brasileiras

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) promoveu nova redução de juros no BNDES Exim Pré-Embarque, linha de crédito que...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes