Marcon Logística Portuária

Portos do Paraná são os primeiros do país a receber nova metodologia do Plano Mestre

A empresa pública Infra S.A. apresentou nesta sexta-feira (14) a nova metodologia do Plano Mestre ao Conselho de Autoridade Portuária do Porto de Paranaguá (CAP). Os portos de Paranaguá e Antonina serão os primeiros a receber o novo modelo, considerado um dos mais importantes no ambiente portuário, pois avalia as necessidades de cada setor e direciona as ações e investimentos.

De competência do Ministério de Portos e Aeroportos, o Plano Mestre é o instrumento de planejamento de Estado, que avalia as necessidades de cada complexo portuário, identificando gargalos logísticos, ações e investimentos, visando melhorar a eficiência dos portos públicos. O projeto anterior foi realizado em 2018 e é atualizado a cada quatro anos. Devido à pandemia, o plano que seria implementado em 2022 teve início agora em 2024.

“Considerando a relevância que o Porto de Paranaguá tem para o contexto nacional, sendo um ativo estratégico portuário, é de extrema importância a gente começar por esta cidade. Estamos avançando com Paranaguá na vanguarda e quando temos condição de planejar e ter previsibilidade, conseguimos perceber e olhar através do nosso plano mestre, das nossas ferramentas de planejamento”, explicou presidente do CAP e secretário nacional de Portos, Alex Sandro Ávila.

“Aqui eu falo que as empresas acreditam e investem, seja na área pública ou privada. Os trabalhadores, a equipe do Porto e os órgãos atuantes, fazem com que nos orgulhemos de entregar, cada vez mais, um equipamento portuário mais estruturado para toda a nossa comunidade. Quem vê isso é a logística, não só do Paraná, mas a logística do Brasil”, destacou o diretor-presidente, Luiz Fernando Garcia.

Após duas semanas de visitas na comunidade portuária, a coordenadora da Infra S.A., Samantha Albuquerque, observou o tamanho da retroárea paranaense, que são as áreas externas dos portos. “A gente recebeu os questionários com respostas muito completas e agora, durante a visita, conseguimos responder outras dúvidas. Agora vem a segunda parte de avaliação da retroárea, que é muito maior do que a gente imaginou inicialmente”, disse Samantha.

Outra instituição parceira do projeto é a Universidade Federal do Maranhão (UFMA), que será responsável por dois macrocadernos: de ESG (Environment, Social & Governance) e de infraestrutura e Operações Portuárias. Este material será a base para elaboração do macrocaderno de Projeção de Demanda e Capacidades, que será feito pela Infra S.A. A proposta é que o Plano Mestre seja concluído em até um ano.

 

Fonte: Portos do Paraná

}

06.21.2024

Em Destaque

Relacionados

Operações de Sucesso: Marcon Logística Portuária em Destaque

No último final de semana, a Marcon Logística Portuária mostrou mais uma vez sua eficiência e capacidade ao conduzir operações em dois navios RORO (Roll-on/Roll-off), reforçando sua posição de destaque no setor de logística portuária. Navio Polaris Leader NYK Line...

Quer saber mais?

Entre em Contato

Siga a Marcon

Mercado & Novidades

Últimas Notícias

jul 23 2024

Operações de Sucesso: Marcon Logística Portuária em Destaque

No último final de semana, a Marcon Logística Portuária mostrou mais uma vez sua eficiência e capacidade ao conduzir operações em dois navios RORO...
jul 23 2024

Agronegócio exporta US$ 15,20 bi em junho e US$ 82,39 bi no semestre

As vendas externas brasileiras de produtos do agronegócio foram de US$ 15, 20 bilhões em junho de 2024 , um aumento do valor das exportações...
jul 22 2024

Portos do Paraná registram recorde histórico de movimentação mensal

Os portos paranaenses alcançaram uma nova marca histórica de movimentação. Ao todo, 6.582.670 de toneladas foram movimentadas em junho deste ano,...
jul 19 2024

Abertura do mercado cubano para exportação de quatro produtos do agronegócio brasileiro

O governo brasileiro recebeu com satisfação o anúncio, pelo governo de Cuba, da autorização para que o Brasil exporte os seguintes produtos para...
jul 18 2024

Camex mantém elevação de tarifas de importação de resíduos sólidos

Em 18% desde julho do ano passado, as tarifas de importação para resíduos de papel, plástico e vidro permanecerão nesse nível por mais um ano,...
jul 17 2024

Carteira de exportação do BNDES aprova volume 135% maior de créditos em 2024

O valor das aprovações de crédito para a linha BNDES EXIM Pré-Embarque, que financia as exportações de empresas nacionais, cresceu 135% no primeiro...
jul 16 2024

Exportações do Paraná para Ásia, África e Oriente Médio batem recorde no 1º semestre

O Paraná obteve no 1º semestre de 2024 o seu melhor desempenho nas vendas para os mercados do Oriente Médio, África e Sudeste Asiático , com maior...
jul 15 2024

Mercosul e Emirados Árabes Unidos iniciam negociações de um acordo de livre comércio

Representantes dos países membros do Mercosul e dos Emirados Árabes Unidos se reuniram em Assunção, entre os dias 2 e 4 de julho, e formalizaram  o...
jul 12 2024

Receita Federal aprimora Programa OEA-Integrado para facilitar operações internacionais

A Receita Federal do Brasil (RFB) publicou a Portaria RFB nº 435, de 2 de julho de 2024, que estabelece novas regras para a participação de órgãos e...
jul 11 2024

Brasil e Palestina firmam acordo de livre comércio no âmbito do Mercosul

Em 3 de julho de 2024, o Brasil depositou sua carta de ratificação ao Acordo de Livre Comércio entre o Mercosul e o Estado da Palestina. A carta foi...

Quem acredita na Marcon

Nossos Clientes