A Portos do Paraná recebeu, nesta sexta-feira (3), um grupo de investidores internacionais. Os representantes da International Investment Latin America, subsidiária da China Railway Construction Corporation (CRCC), conheceram os principais projetos voltados para o desenvolvimento dos portos paranaenses.

O foco principal dos executivos é em projetos voltados a impulsionar o transporte ferroviário de cargas. “A melhoria dos acessos, nos diferentes modais, é um dos pilares da nossa gestão”, comenta o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

A eficiência, além do porte e dos projetos em desenvolvimento nos portos de Paranaguá e Antonina, é o que tem atraído cada vez mais a atenção de quem deseja investir em infraestrutura e logística no Estado.

“Seja com os investimentos em melhorias do nosso canal de acesso marítimo, seja com os novos arrendamentos previstos ou com projetos como o do Moegão, para melhorar o acesso terrestre, os portos do Paraná estão avançando e se posicionando cada vez mais e melhor no cenário mundial”, diz Garcia.

PROJETOS – A apresentação dos projetos foi feita pelo diretor de Engenharia e Manutenção da Portos do Paraná, André Cassanti Neto. Um dos projetos destacados foi o do Cais Leste, conhecido como Moegão, que propõe a centralização da descarga ferroviária em uma moega exclusiva, com reestruturação rodoferroviária dos acessos dos Terminais da Região Leste do Porto de Paranaguá, otimizando a capacidade de recepção de cargas em ambos os modais, rodo e ferroviário.

“A ideia é atender, em um único ponto, por conexões aéreas, correias transportadoras, todos os onze terminais que operam à Leste no Corredor de Exportação. É uma obra visa atender a demanda de carga projetada para os próximos 20 ou 30 anos”, afirma.

O projeto prevê aumentar dos quase 550 vagões – que atualmente são descarregados, por dia, no Corredor Leste – para quase 900. Serão quase 300 em cada uma das três linhas por dia. A expectativa do projeto é descarregar no complexo, pelo modal ferroviário, cerca de 24 milhões de toneladas de granéis por ano.

PARTICIPANTES – Além dos diretores, pela Portos do Paraná, participou da reunião a gerente de Engenharia, Jamile Elias; Luiz Henrique Fagundes, coordenador, do Grupo de Trabalho do Plano Estadual Ferroviário (GTFerrovias) do Paraná; o gerente de Marketing e Logística da TCP, Mateus Campagnaro; Li You, Gerente de Negócios da empresa; Xiaoyu Tian, gerente regional na América Latina, da CRCC International Investment (CRCCI); Ziyang Xu, assistente de investimentos da CRCCI; Chuntao Hu, gerente da CR20 Brasil, empresa irmã da CRCCII; Wu Lei, chefe do departamento de mercado da CR20 Brazil; e Jiaojiao Qu, gerente da área.

 

Fonte: Portos do Paraná