A região Sul exportou US$ 7,1 bilhões até fevereiro. O valor representa um aumento de 50,3% em relação ao primeiro bimestre de 2018. Já as importações chegaram a US$ 6,2 bilhões, mais que o dobro do que igual intervalo do ano passado (US$ 2,8 bilhões). A balança comercial, no entanto, mostrou saldo positivo de US$ 918 milhões no acumulado do ano. O resultado é praticamente a metade do total acumulado até igual período do ano passado (US$ 1,8 bilhão). Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (7) pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), vinculado ao Ministério da Economia, e compilados pelo Portal AMANHÃ. 

Nos números por estado, o Rio Grande do Sul fechou o bimestre com saldo positivo de US$ 2,2 bilhões, enquanto o Paraná teve balanço positivo de US$ 280 milhões. Santa Catarina apresentou resultado negativo em US$ 1,6 bilhão (confira os números detalhados na tabela abaixo). A região respondeu por 20,5% das exportações e por 21,5% das importações no período. Os principais produtos da pauta exportadora do Sul em janeiro e fevereiro foram soja (inclusive triturada), fumo em folhas, além de pedaços e congelados de frango. Os produtos mais importados foram óleos combustíveis, adubos, têxteis, naftas e veículos. 

Fonte: Revista Amanhã